Doação de sangue Doação de sangue

Doação de Sangue

Como doar?

Principais Requisitos do Doador de Sangue:

 

  • Ter idade entre 16 anos completos e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Os candidatos com idade entre 16 e 17 anos devem estar acompanhados do seu responsável legal;
  • O limite para a primeira doação será de 60 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Peso mínimo de 50 kg;
  • Ter acesso venoso compatível com o procedimento;
  • Estar descansado, bem alimentado e hidratado, sendo tolerado intervalo máximo de 3 horas da última refeição;
  • Ser pessoa saudável, sem qualquer sintoma atual de qualquer doença;
  • Manter comportamento livre de riscos de contaminação de doenças transmissíveis através do sexo e do sangue;
  • Tatuagem ou micropigmentação, intervalo mínimo de 12 meses após realização;
  • Piercing em região de mucosa (boca, língua ou genitália) estão inaptos para doação, devendo aguardar 12 meses após a retirada do adorno;
  • Limite de doações:

HOMENS – intervalo maior que 2 meses entre doações (máximo 4 doações/ano);

MULHERES – intervalo maior que 3 meses entre doações (máximo 3 doações/ano).

Ligue para (41) 3360-1875.

O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Av. Agostinho Leão Junior, 108 - Alto da Glória, Curitiba - PR, 80030-110.

Telefone: (41) 3360 - 1875.

Sobre a coleta de sangue do doador:

  1. Após a triagem clínica, realizada pela enfermeira ou pelo médico, o doador realizará o teste de anemia e, se estiver apto à doação, aguardará que a equipe responsável prepare todos os materiais necessários para a coleta.
  2. O volume de sangue a ser coletado é correspondente ao seu peso corporal e o mínimo necessário para que possa ser utilizado por qualquer paciente (450 – 470 ml).
  3. Os materiais utilizados são descartáveis, de uso único e livre de risco de contaminação.
  4. A agulha da bolsa de coleta tem diâmetro compatível com a garantia de uma coleta efetiva, pois o tempo de coleta não pode ser superior a 12 minutos.
  5. Exames sorológicos são coletados e encaminhados para análise (Sífilis, Doença de Chagas, HTLV, HIV, Hepatites B e C) e somente será liberado o sangue para uso após a liberação dos resultados.
  6. Reações adversas à doação podem ocorrer e, para garantir a segurança do doador, os profissionais são habilitados para realizar todo o atendimento necessário, desde a recepção até a sua liberação após o lanche.
  7. No caso de exames com resultados alterados (indeterminado ou reagente), o doador é convocado para a realização de novos exames.
  8. Esteja sempre atento às orientações da equipe do Biobanco e volte sempre!