Notícias Notícias

Voltar

Hospital de Clínicas é referência em atendimento às vítimas de violência sexual

ATENDIMENTO DE REFERÊNCIA

Hospital de Clínicas é referência em atendimento às vítimas de violência sexual

Complexo Hospital de Clínicas presta um serviço humanizado e especializado para as vítimas de violência sexual

Reconhecido como instituição de referência para atendimento a vítimas de violência sexual, o Hospital de Clínicas da UFPR possui uma equipe  multidisciplinar altamente qualificada para acolher, orientar e tratar crianças a partir de 12 anos, mulheres e homens.

Com atendimento 24 horas na maternidade do HC, o serviço que surgiu em 1997, trabalha com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, Secretaria Estadual de Saúde do Paraná e Secretaria de Segurança Pública, atribuindo para o estado o pioneirismo ao trazer médicos do IML até o HC para coletar material que auxilia na identificação do agressor. 

Segundo o médico Rosires Pereira de Andrade, Gerente de Ensino e Pesquisa do CHC e coordenador do Serviço de Atendimento a  Vítimas de Violência Sexual da instituição HC, “a pessoa  que sofre violência sexual tem necessidades imediatas de atenção, pelos profissionais de saúde, nas primeiras horas que se seguem à violência e também necessidades tardias nas semanas e nos meses posteriores. A necessidade de atenção especializada pode ser por mais tempo, dependendo das necessidades individuais da vítima”.   

 

Acolhimento humanizado e especializado 

O HC preocupa-se em atender as vítimas de forma humanizada, mantendo a privacidade, sem exposição e evitando o agravamento desta situação complexa.

Para tanto, a equipe multiprofissional participa anualmente de formação sobre o tema, em que são realizadas orientações relacionadas ao fluxo de atendimento e particularidades, de forma que o atendimento proporcione acolhimento e segurança à vítima.

Dessa forma, ao chegar para atendimento no HC, a vítima é recebida imediatamente pela equipe de recepção, acolhida pela equipe de enfermagem, avaliada pela equipe médica e pelo Serviço Social.  Este atendimento é completo, abrange avaliação física e social, oferta de alimentos, administração de medicações; coleta de exames  laboratoriais e de imagem, quando necessário, e agendamento posterior com as especialidades: infectologia  e psicologia.. 

“O objetivo do atendimento multiprofissional às vítimas de violência sexual é proporcionar um ambiente acolhedor, seguro e amplo para que todos os aspectos desta vítima possam ser assistidos, tais como o aspecto físico (realização de exames, medicamentos para a prevenção de gravidez e de IST); aspecto psicológico (acompanhamento com profissional especializado), e social (apoio e orientações pertinentes).  A cada atendimento nos aprimoramos, discutimos melhorias no fluxo e oportunizamos a individualidade do atendimento.”  - Aline M. Menon Muller, enfermeira do Serviço.

 

Livro sobre o tema 

Devido a experiência da equipe do HC, foi possível escrever um livro, cujos autores são os profissionais que realizam esse atendimento. A obra “Violência Sexual contra mulheres“ tem acesso gratuito na internet e também possui uma versão impressa que é distribuída aos estudantes de graduação e pós-graduação da UFPR e residentes do Complexo HC. 

Anualmente, é realizado o curso sobre violência sexual, que está em sua 15ª edição, para estudantes da área da saúde, profissionais e residentes do CHC, bem como para a comunidade em geral. 

Por ser um hospital escola, esse serviço também possibilita a pesquisa sobre o tema.  

Diversos trabalhos de graduação, mestrado, doutorado e residência médica e multiprofissional já foram realizados no HC, gerando mais conhecimento especializado e permitindo melhorias no atendimento e avaliação epidemiológica. 


Atendimento das vítimas de violência sexual 

1) Podem vir encaminhadas pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Instituto Médico Legal (IML), Delegacias, Conselho Tutelar ou por procura direta;

2) É realizado acolhimento e atendimento pela equipe multiprofissional, em que o fluxo é esclarecido;

3) Oferta-se à vítima, a possibilidade de registrar o Boletim de Ocorrência e a solicitação de guias para o exame de corpo de delito, que será realizado pelo perito do Instituto Médico Legal do Paraná.

4) Realiza-se a coleta de exames laboratoriais; 

5) A equipe de enfermagem realiza a administração emergencial de medicamentos próprios para anticoncepção e de profilaxia para evitar doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), conforme o tempo de exposição e o protocolo institucional.

6) Agendamento posterior com as especialidades: infectologia  e psicologia.

7) Nas consultas médicas posteriores, serão analisados os resultados de exames e realizados os encaminhamentos necessários para situações de possível contaminação por Infecção Sexualmente Transmissíveis (IST) e/ou gestação proveniente do abuso, sendo aplicados protocolos específicos.

 

Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual 

Localização: Rua General Carneiro 181– Prédio da Maternidade (Anexo A) 

Horário de Atendimento: 24 horas, todos os dias da semana. 

Informações: (41) 3360-1826