Acesso à Informação Acesso à Informação

Servidores

A partir do contrato de co-gestão com a EBSERH, em 30/10/14, os trabalhadores do HC passaram a ser contratados via concurso público pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares.
> O primeiro concurso CHC/Ebserh aconteceu  em 06/05/15).
Mais informações no site da EBSERH em Concursos:

http://www.ebserh.gov.br/web/portal-ebserh/editais-e-processos-seletivos

EDITAIS ABERTOS

N° 014/2019, referente à vaga para atuar na Chefia das Unidade Assistenciais

> 22-29/05 – Divisão de Enfermagem está com inscrições abertas de Cadastro reserva para Supervisão de Enfermagem

= INSCRIÇÕES VALIDADAS
 


RESULTADOS 2019:

> N° 013/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Regulação Assistencial:

JESSICA DE OLIVEIRA VELOSO VILARINHO 1º lugar
ABELARDO CASTRO QUEIROZ 2º lugar
INGRID MEIRELES GOMES 3º lugar
REINALDO LOPES CARDOSO 4º lugar
MILENA BALSANELLI PORTELLA 5º lugar
 

N° 012/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade do Sistema Músculo Esquelético:

ZILMA MULLER 1º lugar
MARIA GABRIELA MENDES PEREIRA DA COSTA 2º lugar
LARA VANUSA MARTINS 3º lugar
ALDA SOUZA FIGUEREDO 4º lugar
JOSSANDRO RODRIGUES DA CRUZ 5º lugar
 

> N° 011/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Liquidação de Despesas:

Nome Classificação

VERA DE FATIMA WETTERMANN 1º lugar
JOSÉ SIKORA NETO 2º lugar
CARLOS ANDRE BARRIOS 3º lugar
JULINA NA CUNHA BRIZIDA 4º lugarELIANE CESAR 5º lugar

N° 010/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Licitação:
Nome Classificação
ROSECLER NEUCI FARIAS 1º lugar
MILENA BALSANELLI PORTELLA 2º lugar
RODRIGO RAMOS DOS SANTOS 3º lugar
CARLENE AZEVEDO DE MATOS 4º lugar

N° 009/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Programação Orçamentária:
Nome Classificação
JOSÉ SIKORA NETO 1º lugar
WAGNER CESAR ZATTONI JUNIOR 2º lugar
JULIANA DA CUNHA BRIZIDA 3º lugar
ROBERTO SEBASTIÃO MARQUES 4º lugar

N°008/2019, (2º Edital, por desistência do primeiro lugar), referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Contabilidade Fiscal:

ANDRIELEN MORAIS PIMENTEL 1º lugar
CARLOS ROBERTO FIDELIS 2º lugar

N°008/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Contabilidade Fiscal:

Nome Classificação
JOSÉ SIKORA NETO 1º lugar
ANDRIELEN MORAIS PIMENTEL 2º lugar
CARLOS ROBERTO FIDELIS 3º lugar

N°007/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Comunicação:
Nome Classificação
DAFNE WANDRESSA SALVADOR 1º lugar
HELOISE HELENA BERGER PLOSZAJ 2º lugar
CLARISSA OLIVEIRA DE CARVALHO 3º lugar
LAIS MURAKAMI 4º lugar
ELOISA PARACHEN RAMOS SILVA 5º lugar 

N°006/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Contratos:
Nome Classificação

Laís Balhestero Morgado 1º lugar
Sirleide Pereira Gomes Alvim 2º lugar
Claudia Campoi Roman 3º lugar
Cleumara Carneiro Sussai 4º lugar
Israel de Assumpção Jamielniak 5º lugar
Flavia Adriana de Melo 6º lugar
 

N°005/2019, referente à vaga para atuar na Chefia do Setor de Administração:
Nome Classificação

TANIA MARA ZIOLKOSKI 1º lugar
SUELI VOZ 2º lugar
LUIZ FERNANDO NADOLNY 3º lugar
LUIZ CARLOS DOS SANTOS 4º lugar
SIMONE CRISTIANE DE SOUZA 5º lugar
 

N°004/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Ginecologia:
Nome Classificação

Flavia Letícia Adão 1º lugar
Zilma Muller 2º lugar
Aline de Mesquita Menon Muller 3º lugar
Pollyana Cristina Sbalqueiro Marques 4º lugar
Ana Patrícia de Caires 4º lugar
Marcelexandra Rabelo 4º lugar
Letícia de Souza Moura 5º lugar
Francieli Matos da Sivla 6º lugar
 

> N°003/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da UPME:
Nome Classificação

Laís Balhestero Morgado 1º lugar
Sirleide Pereira Gomes Alvim 2º lugar
Claudia Campoi Roman 3º lugar
Cleumara Carneiro Sussai 4º lugar
Israel de Assumpção Jamielniak 5º lugar
Flavia Adriana de Melo 6º lugar
 

N°002/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Vigilância em Saúde:
Nome Classificação

Fabíola do Nascimento Moreira 1º lugar
 

N°001/2019, referente à vaga para atuar na Chefia da Unidade de Patrimônio:
Nome Classificação

Vanessa Peres 1º lugar
Ronaldo dos Santos Raizer 2º lugar
Sidney Max Ribeiro Lourenço 3º lugar
Simone Cristiane de Souza 3º lugar
Rene Manoel Virgínio da Cruz 4º lugar
Daltiva Gonçalves 5º lugar

Como denunciar um assédio moral

Segundo a psicóloga da Ebserh Lara Macedo de Aguiar, os colaboradores devem enviar suas demandas pelos canais competentes para que sejam sanados os problemas o quanto antes.

O colaborador pode solicitar o apoio do psicólogo organizacional do próprio hospital universitário, que conversará com as partes envolvidas, tratando do assunto com a maior discrição e integridade. No CHC/UFPR, a psicóloga Daniella Pacheco Dallagnol atende na Divisão de Gestão de Pessoas e pode ser contatada pelo ramal 7881.

Outros canais ainda, são via a ouvidoria do próprio Hospital e/ou a da Ebserh, que também mantém um Canal de Relações com o Trabalhador, diretamente na intranet (http://intranet.ebserh.gov.br/crt).

No site do CHC (http://www.hc.ufpr.br) e/ou da Ebserh (http://www.ebserh.gov.br/), clicando em Ouvidoria você terá mais informações de como fazer o registro de sua demanda.

Os presentes nas palestras ganharam uma apostila com explicações sobre o conteúdo, que pode ser acessada, a qualquer momento, online: http://intranet.ebserh.gov.br/cartilha-de-assedio-moral?inheritRedirect=true .

 

2019 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2018 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2017 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET  OUT NOV DEZ
2016 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2015 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT  NOV DEZ

2014

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

2013

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

2012

 

     

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

 
 
1) Entre maio/2012 e março/2014: incluem-se os Plantões Normais. A partir de abril/2014, apenas os lançamentos de APHs.
2) Desde de abril/2014: os servidores que realizam APHs são lançados em Serviços mais específicos. (Atenção: no SIMEC consta como Setor)
3) Desde agosto/2014: sãoo divulgados os APH'S que foram lançados no SIMEC  e encaminhados para pagamento.
4) A programação poderá ser consultada nas ESCALAS divulgadas abaixo.
5) Na planilha, o servidor poderá identificar os plantões que tiveram a liberação de pagamento e, caso ele não localize algum plantão realizado, deve entrar em contato com a Chefia da Unidade Gerencial a partir do dia 20 do mês que a mesma informará o motivo da não liberação baseada em relatório de auditoria encaminhada a mesma.
6) Desde julho/2015, incluem-se as APHs da Maternidade Victor Ferreira do Amaral (MVFA).
 
2019 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2018 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO* SET OUT NOV DEZ
2017 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2016 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2015 JAN FEV MAR ABR  MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ

2014

 

         

 

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

*Escala prévia: sujeita a alterações no decorrer do período.
As demais escalas são posteriores. Ou seja, conforme, efetivamente, foram realizadas.
As colocação de escalas no site está prevista para todo dia 10, tanto das previstas, quanto das realizadas.
 
1) Desde agosto de 2014, as Escalas de Trabalho de todos os trabalhadores do HC estão divulgadas, conforme política da LAI - Lei de Acesso à Informação.
2) Exemplo de preenchimento
3) LEGENDA
> VÍNCULOS: 
REIT (SERVIDOR PÚBLICO UFPR)
- FUND (FUNCIONÁRIO FUNDACIONAL FUNPAR)
- EBS (FUNCIONÁRIO EBSERH)
--
AC
AE
AJ
DSR/FOLGA
ESCALA
ACOMP
CÔNJUGE
AFAST
CURSO/ESTUDO
AFAST
INQUÉRITO
CA
CG
CL
CN
LICENÇA
ADOTANTE
LICENÇA
GESTAÇÃO
LICENÇA
ESPECIAL
LIC GALA/
NOJO/PATERN
CR
D
DL
DN
FERIAS
PLANTÃO
DIURNO
DISPOS
OUTRO LOCAL
PLANTÃO
24 HORAS
F
FH
FJ
GR
FALTA
FOLGA
EM HAVER
FALTA
JUSTIFICADA
GREVE
GT
I
IP
LA
GREVE TRANS-
PORTE COL
INTEGRAL
PERÍCIA
MÉDICA/CLT
LIC ATIV
POLÍTICA
LC
LD
LE
LL
LIC
CAPACITAÇÃO
LIC TRAT
FAMILIAR
MISSÃO
ESTRANGEIRO
MANDATO LEGISLATIVO
LS
LT
M
MN
LICENÇA
POR ACIDENTE
LIC TRAT
SAÚDE
MANHÃ
MANHÃ E
NOTURNO
MT
N
PD
PF
MANHÃ
E TARDE
PLANTÃO
NOTURNO
APH DIA
DE SEMANA
APH FINAL
DE SEMANA
R
SA
SC
SD
REPOS CARGA
HORARIA
APOSENTADO
LIC INT
PARTICULAR
SAB/DOM/
FERIADOS
SF
SM
T
TN
APH SOBREAVISO
FDS
SERV/FUNC
MOVIMENTAC
TARDE
TARDE
E NOITE

 

 

Portal da Transparência:

Servidores Públicos Federais (UFPR)

Tabela de Remuneração dos Servidores Públicos Federais

Consulta de todos os Servidores Federais

(por Nome ou CPF, por Orgão de Exercício, por Orgão de Lotação, por Função ou Cargo de Confiança e Órgão ou por Função ou Cargo de Confiança) 

 

2020 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2019 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
2018 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ

ORDEM DE SERVIÇO Nº. 133/2017 - CHC

 

REGISTRO DE INTERVALOS INTRAJORNADA E INTERJORNADA

EBSERH E FUNPAR

 

A Gerente Administrativa e a Superintendente do Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, no uso de suas atribuições legais; e 

 

Considerando:

  • A necessidade de reforçar as diretrizes legais a serem observadas no registro e realização de intervalos intrajornada, para descanso e refeição, bem como do descanso interjornada, que corresponde ao descanso concedido entre uma jornada de trabalho e outra dos funcionários que trabalham nesta instituição,

 

DETERMINAM:

 

1.         Submetem-se a esta Ordem de Serviço todos os empregados com vínculo EBSERH ou FUNPAR;

2.         Os registros biométricos referentes ao início e fim da jornada de trabalho e à saída e retorno do intervalo intrajornada são obrigatórios para todos os empregados com vínculo EBSERH ou FUNPAR, salvo exceções legalmente determinadas;

2.1.     Os empregados ficam dispensados dos registros biométricos referentes à saída e ao retorno de intervalo intrajornada nos casos de marcação pré-assinalada;

2.1.1.  A marcação pré-assinalada dispensa o trabalhador do registro de saída para realização do intervalo e do registro de retorno após o término do intervalo.

3.         A realização integral do intervalo intrajornada é obrigatória, não sendo permitido aos empregados retornarem aos seus postos de trabalho antes de seu cumprimento;

4.        Os horários de intervalos intrajornada e interjornada deverão ser adequados às conveniências e às peculiaridades de cada unidade, respeitada a carga horária correspondente aos cargos, conforme tabelas que constam desta Ordem de Serviço;

 

5.        Os intervalos intrajornada dos empregados EBSERH devem ser cumpridos conforme tabelas a seguir:

 

5.1.     Os intervalos deverão ser realizados dentro dos horários estabelecidos pela Norma Operacional DGP nº 04/2017, disponível na intranet da EBSERH.

6.        Os intervalos intrajornada dos empregados FUNPAR devem ser cumpridos conforme tabelas a seguir:

 

6.1.     É vedada a realização de intervalo na primeira e na última hora da jornada de trabalho diária realizada pelo empregado FUNPAR.

 

7. Em caso de realização de horas extras ou compensação de horas, respeitados todos os limites legais, empregados com vínculo EBSERH ou FUNPAR deverão registrar por biometria os seguintes intervalos:

•          15 minutos para jornadas que superem 4 horas e que não ultrapassem 6 horas de trabalho; e

•          1 hora para jornadas que superem 6 horas de trabalho.

8.         O intervalo interjornada obrigatório, que corresponde ao descanso concedido entre uma jornada de trabalho e outra, devem ser cumpridos conforme tabela a seguir:

8.1      As jornadas especiais de trabalho só poderão ser realizadas pelos empregados com vínculo EBSERH ou FUNPAR quando previstas em lei ou acordo coletivo de trabalho;

9.         É obrigação do empregado e da chefia imediata da unidade respeitar os intervalos intrajornada e interjornada legalmente estabelecidos, sendo responsáveis por esclarecimentos no que abrange o registro e fruição integral destes horários.

10. As trocas de plantão deverão ser autorizadas pela chefia imediata, respeitando os intervalos intrajornada e interjornada legalmente estabelecidos.

 

11. Ficam revogadas a Ordem de Serviço nº 127/2017 – CHC e a Ordem de Serviço n° 130/2017 – CHC.

12.      Os casos omissos serão resolvidos pela Superintendência do Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná.

13.      Esta Ordem de Serviço entrará em vigor em 01/09/2017.

 

Curitiba, 31 de agosto de 2017.

Aprovado por:                                                                                                                                                                                                              

Monica Evelise Silveira  

Gerente Administrativa do Complexo

Hospital de Clínicas da UFPR 

 

 

Autorizado por:

 

Profª. Drª. Claudete Reggiani

Superintendente do Complexo

Hospital de Clínicas da UFPR

ORDEM DE SERVIÇO Nº. 134/2017 - CHC

 

CONTROLE DE FREQUÊNCIA – EMPREGADOS EBSERH E FUNPAR

 

A Gerente Administrativa e a Superintendente do Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, no uso de suas atribuições legais; e

 

Considerando:

  • A necessidade de reforçar os procedimentos para o controle de frequência dos funcionários que trabalham nesta instituição,

 DETERMINAM:

 1.        Submetem-se a esta Ordem de Serviço todos os empregados com vínculo EBSERH ou FUNPAR.

2.         O registro biométrico deverá ser efetuado conforme quadro a seguir:

 

2.1.      A marcação pré-assinalada dispensa o trabalhador do registro de saída para realização do intervalo e do registro de retorno após o término do intervalo.

2.2.      Em caso de realização de horas extras ou compensação de horas, respeitados todos os limites legais, deverão ser registrados pelo empregado os seguintes intervalos:

  • 15 minutos para jornadas que superem 4 horas e que não ultrapassem 6 horas de trabalho; e
  • 1 hora para jornadas que superem 6 horas de trabalho.

3.         Os horários de início e de término da jornada de trabalho e dos intervalos de refeição e descanso deverão ser estabelecidos previamente e adequados às conveniências e às peculiaridades de cada unidade, respeitada a carga horária correspondente aos cargos e as normas operacionais vigentes.

4.         Não serão descontadas nem computadas como jornada extraordinária as variações de horário no registro de ponto não excedentes de cinco minutos, observando o limite máximo de 10 minutos diários, conforme § 1º do art. 58 da CLT.

5.         Caso ocorra a falta de marcação por ocorrência de: esquecimento, falhas no equipamento, falta de papel ou qualquer outro motivo técnico que impeça o registro de ponto, o funcionário deverá comunicar sua chefia imediata, no prazo máximo de 01 dia útil, via e-mail ou por escrito, apontando suas respectivas marcações de entrada, de intervalo para descanso/alimentação e de saída.

5.1       Caberá à chefia imediata comunicar ao Serviço de Ponto Eletrônico, via e-mail, sobre eventuais falhas no equipamento de registro biométrico, no prazo máximo de 01 dia útil da comunicação da ocorrência pelo funcionário.

5.2       É responsabilidade da chefia imediata efetuar as devidas correções no registro de controle de frequência do funcionário, nas marcações referentes ao dia da ocorrência.

6.         Caso o trabalhador efetue alguma marcação indevida, deverá comunicar sua chefia imediata no prazo máximo de 01 dia útil, através de e-mail ou por escrito, solicitando as devidas correções.

7.         O empregado deve cumprir integralmente a jornada de trabalho pactuada com o empregador, sendo responsabilidade do superior imediato controlar e prestar esclarecimentos no que abrange a gestão destes horários.

8.         As mudanças de horário de trabalho deverão ser acordadas previamente com a chefia imediata, mediante interesse institucional e respeitados os intervalos intrajornada, intervalos interjornada e descansos obrigatórios.

9.         Fica revogada a Ordem de Serviço n° 131/2017.

 

10.       Os casos omissos serão resolvidos pela Superintendência do Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná.

11.       Esta Ordem de Serviço entrará em vigor em 01/09/2017.

 

 

Curitiba, 31 de agosto de 2017.

 

 

Aprovado por:                                                                                                                                                                                                                                                                              

              

Mônica Evelise Silveira  

Gerente Administrativa do Complexo

Hospital de Clínicas da UFPR 

 

 

Autorizado por:

 

 

 

Profª. Drª. Claudete Reggiani

Superintendente do Complexo

Hospital de Clínicas da UFPR

Descrição: “Nesta seção são divulgadas informações sobre concursos públicos de provimento de cargos e relação dos servidores públicos lotados ou em exercício no (a) [nome do órgão ou entidade]”.

Nesta seção, deverão ser publicadas as íntegras dos editais de concursos públicos para provimento de cargos realizados pelo órgão/entidade e a relação dos agentes públicos, efetivos ou não, lotados ou em exercício no órgão/entidade, apresentando as seguintes informações mínimas:
I - número de identificação funcional;
II - nome completo;
III - CPF (ocultando os três primeiros dígitos e os dois dígitos verificadores do CPF);
IV - cargo e função;
V - lotação;
VI - Regime Jurídico;
VII - jornada de trabalho;
VIII - ato de nomeação ou contratação;
IX - respectiva data de publicação do ato;
X - cargo efetivo ou permanente ou emprego permanente;
XI - órgão ou entidade de origem, no caso de servidor requisitado ou cedido.
Membros de conselhos de administração ou fiscal da administração indireta também devem figurar nesta relação, assim como militares das Forças Armadas. Agentes públicos cujo exercício profissional é protegido por sigilo, em atendimento à legislação vigente, não devem figurar nesta relação.
O órgão/entidade que utiliza o Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (SIAPE) poderá, para cumprir este item, disponibilizar link para consulta “Servidores” do Portal da Transparência, disponível em http://www.portaldatransparencia.gov.br/servidores.
A entidade da Administração Indireta, incluindo agências reguladoras e conselhos de administração e fiscal, cujos registros de servidores não estão no SIAPE, deverá disponibilizar a relação de servidores e agentes públicos, ou, caso já tenha a informação em seu sítio eletrônico, remeter para área onde estão disponíveis essas informações.