Notícias Notícias

Voltar

UFPA forma mais de 150 especialistas em programas de residência

ENSINO

UFPA forma mais de 150 especialistas em programas de residência

Concluintes das residências da UFPA destacam importância da universidade pública e do Sistema Único de Saúde para a população em evento ocorrido no último dia 19

Emoção, gratidão e alívio foram sentimentos que marcaram a noite da última quarta-feira, 19. No auditório do Centro de Eventos Benedito Nunes (CEBN) da Universidade Federal do Pará (UFPA) foi realizada a cerimônia de conclusão das residências médica, uniprofissional e multiprofissional em saúde da instituição, que acontecem no Complexo Hospitalar Universitário e nos campi de Castanhal e Bragança. Após períodos de dois a três anos, 154 residentes receberam seus certificados e já podem exercer atividades como especialistas em diversas áreas da saúde.

A solenidade contou com a presença do Reitor da UFPA, Emmanuel Zagury Tourinho, do vice-reitor Gilmar Pereira, da pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UFPA, Iracilda Sampaio, da Superintendente do Complexo Hospitalar da UFPA/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Regina Feio Barroso. Também estiveram presentes a professora Angélica Pezzin, coordenadora da Comissão de Residência Médica (COREME) do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS), a professora Thaís Tapajós, vice-coordenadora da COREME do Hospital João de Barros Barreto (HUJBB), e a professora Dirce Nascimento, da Comissão de Residência Multiprofissional (COREMU) da UFPA. Todos os componentes da mesa de abertura parabenizaram e agradeceram aos residentes e suas famílias por não desistirem diante das dificuldades.

Antes da entrega dos certificados, os discursos dos oradores das turmas de residência médica do Bettina Ferro e do Barros Barreto, e da residência multiprofissional, emocionaram a plateia de mais de oitocentas pessoas que compareceram à ocasião. “Ainda no curso de medicina, entrei como interno no Hospital Barros Barreto, e percebi que era ali que queria realizar a minha residência, pois apesar das dificuldades, as pessoas que estão ali trabalham por um SUS melhor”, afirmou Matheus Rocha Maia, concluinte da residência em Clínica Médica da instituição.

A residente de otorrinolaringologia Jocyane Andrade relatou os percalços dos três anos de curso no Bettina Ferro de Souza: “foram anos de preparação, de noites mal dormidas, mas fizemos tudo isso com muito amor, porque a saúde dos pacientes está em primeiro lugar”. Finalmente, a representante da residência multiprofissional da UFPA, Sandy Kelly Souza, que concluiu o curso de Clínica Médica e Cirúrgica de Animais Silvestres, ressaltou a importância de um tratamento de qualidade e com equidade para todos os seres vivos.

A Superintendente do Complexo Hospitalar da UFPA, Regina Feio Barroso, parabenizou os formandos e seus familiares que apoiaram durante os anos de curso. “Essa Universidade existe porque vocês existem. Temos orgulho de poder qualificar profissionais que irão cuidar da saúde da população da Amazônia”, afirma a gestora. No Complexo Hospitalar da UFPA acontecem as atividades teóricas e práticas de diversos cursos da residência médica e multiprofissional.

Para o Reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho, a formação de profissionais qualificados contribui para o desenvolvimento da região amazônica e para a valorização da Universidade Pública. “Esperamos que vocês sejam lideranças para a defesa da educação pública, para que as gerações que venham a seguir possam também contribuir para que todos tenham um atendimento de qualidade”, conclui o reitor.

No próximo mês, a UFPA realiza o acolhimento de uma nova turma de residentes que irá realizar suas atividades no Complexo Hospitalar Universitário. A aula inaugural acontece no dia 02, e durante a semana haverá atividades de integração e uma capacitação em segurança do paciente.

Residências - Os concluintes da residência médica receberam os certificados de conclusão nas especialidades de anestesiologia, clínica médica, cirurgia básica, cirurgia geral, dermatologia, infectologia, medicina de família e comunidade, endocrinologia, geriatria, pneumologia, cirurgia do aparelho digestivo, ginecologia e obstetrícia, otorrinolaringologia, oftalmologia e pediatria.

Também concluíram os residentes da modalidade Multiprofissional em Saúde, nas áreas de concentração em oncologia, saúde do idoso, atenção ao paciente crítico, saúde da mulher e da criança, enfermagem obstétrica, cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial, clínica médica e cirúrgica de pequenos animais, clínica médica e cirúrgica de animais Silvestres e clínica médica e reprodução de ruminantes e equídeos. As residências multiprofissionais são voltadas para graduados em enfermagem, psicologia, fisioterapia, terapia ocupacional, serviço social, biomedicina, farmácia, odontologia, nutrição e medicina veterinária.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas. 

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh. O Complexo Hospitalar da UFPA integra a Rede Ebserh desde outubro de 2015.

 Texto: Paola Caracciolo – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebser

Fotos: Alexandre de Moraes – Ascom UFPA