Laboratório de Análises Clínicas e Anatomia Patológica Laboratório de Análises Clínicas e Anatomia Patológica

Laboratório de Análises Clínicas e Anatomia Patológica

O Laboratório de Análises Clínicas (LAC) iniciou suas atividades em 1987, dentro do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Correa Jr., e a atual equipe do Laboratório tem atuado em ações voltadas ao ensino, pesquisa e assistencial pautado na ética e na boa convivência.
 
Descrição
Equipe multiprofissional garante a qualidade e agilidade deste serviço, no qual são realizados exames laboratoriais como apoio ao diagnóstico clínico.
 
Missão
A perseverança em promover um atendimento de qualidade aos usuários do SUS, a responsabilidade e o compromisso com resultados de alta confiabilidade sempre foi a nossa proposta. 
 
Visão
Visando disponibilizar resultados de exames laboratoriais com qualidade, o Laboratório Análises Clínicas conta com uma equipe técnica altamente capacitada e equipamentos com tecnologias avançadas. 
 
Valores
  • Manter a satisfação médica;
  • Valorização e respeito aos clientes;
  • Apresentar um serviço de integridade e excelência;
  • Cumprir e fazer cumprir padrões éticos e sigilosos;
  • Manter uma comunicação clara e precisa;
  • Trabalhar uma gestão de equipe, consistente e focada.
 
Materiais
Exames laboratoriais realizados nas mais diversas amostras como: sangue, urina, líquidos biológicos, secreções, etc.
 
Clientes
O Laboratório presta atendimento aos clientes provenientes da internação, do ambulatório e do Serviço de Pronto Atendimento de urgência e emergência do HU-FURG/EBSERH.
 
Localização
  • Laboratório de Análises Clínicas está situado no andar térreo do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Correa Jr.,  entrada pelo ACESSO 4, rua General Canabarro, Centro - Rio Grande. 
  • Coletas ambulatoriais: são realizadas no andar térreo do Hospital Universitário Dr. Miguel Correa Jr., entrada pelo ACESSO 7, pela rua General Osório, s/n, Centro - Rio Grande.
 
Contato
(53)3233.8837 l  leandre.wilot@ebserh.gov.br
 
Horário de trabalho
  • Plantão 24h ininterrupto, inclusive finais de semana e feriados.
  • Agendamento de exames: segunda a sexta-feira, das 09h às 16h30min.
  • Coletas de sangue ambulatorial: 07h às 09h (segunda a sexta-feira).
  • Coleta de carga viral: 07h às 09h (terça a quinta-feira).

Atualmente contamos com colaboradores Biomédicos, Farmacêuticos-Bioquímicos, Técnicos em Laboratório, Técnicos Administrativos e Recepcionistas.

Chefe da Divisão de Apoio Diagnóstico Terapêutico: Ricardo Mattos Luvielmo 
Responsável Técnica e Chefe da Unidade: Leandre Carmem Wilot – Farmacêutica Bioquímica (currículo - acesse aqui)


Equipe Técnica

  • Leandre Carmem Wilot – Farmacêutica Bioquímica
  • Tesiê Leopoldo Fonseca – Farmacêutica Bioquímica 
  • Karine Ortiz Sanchotene – Farmacêutica Bioquímica (currículo - acesse aqui)
  • Giancarlo Diniz Meireles – Farmacêutico Bioquímico
  • Gustavo Souto Damati – Farmacêutico Bioquímico
  • Jéssica Louise Benelli – Biomédica
  • Jéssica Aguiar de Souza – Biomédica
  • Ana Paula Gomes Esteves – Biomédica
  • Jênifer Gonçalves Malheiros – Biomédica
  • Vinícius Rodrigues da Silva – Biomédico

1. Certificação de Qualidade Externo: O Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) é um elemento fundamental para a garantia da qualidade do laboratório clínico moderno, avaliações mensais de desempenho, que atestam a confiabilidade e exatidão dos serviços laboratoriais oferecidos aos usuários e, que ao final de cada ano, confere a certificação da qualidade atingida. Essas avaliações são realizadas através de amostras-controle (sangue, urina, fezes e outros) que abrangem todos os setores em atividade. Após o recebimento das amostras-controle o laboratório processa e envia os resultados para o programa de certificação, obtendo com isso, as avaliações mensais e anual.

O Laboratório de Análises Clínicas do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Correa Jr.  é certificado pelo Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) nas seguintes especialidades:

  • Bioquímica Básica;
  • Hematologia básica;
  • Imuno-hematologia;
  • Imunologia básica;
  • Parasitologia básica; 
  • Urinálise básica.

O Laboratório de Análises Clínicas do HU-FURG/EBSERH recebeu a classificação "Excelente" na Avaliação de Desempenho Anual 2018, feita pelo Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ), patrocinado pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC).


2. Controle de Qualidade Interno: Diariamente são analisados controles de qualidade internos para avaliar reprodutibilidade, confiabilidade das análises realizadas e possíveis desvios nas análises para que sejam tomadas as devidas precauções de segurança durante os processos de um exame. Para isso, a realização de forma eficaz e responsável do controle da qualidade entra como garantia para o correto diagnóstico e orientação de conduta.

3. Certificado de Regularidade do Responsável Técnico: O Laboratório está devidamente inscrito no Conselho Regional de Farmácia  com profissional habilitado, registrado no respectivo órgão e em posse do documento de Responsabilidade Técnica emitido pelo Conselho. Os profissionais do laboratório estão todos legalmente habilitados e capacitados para executarem atividades em todos os processos.

 

4.  Atualização do Corpo Técnico: Todos os profissionais do Laboratório anualmente realizam atividades e cursos de atualização laboratorial. A atualização na área de Análises Clinicas contribui para a qualificação dos profissionais, aperfeiçoando a realização e a interpretação dos resultados   laboratoriais focando na aplicação prática e no desempenho das atividades de acordo com as normas técnicas e de biossegurança.


5. Alvará Sanitário: O laboratório segue todas as orientações técnicas da Vigilância Sanitária conforme o Certificado de Autorização de Funcionamento, sendo este é um documento emitido pela Anvisa que comprova que a empresa está autorizada a exercer as atividades descritas no certificado. Nele, consta o número da autorização do laboratório e o endereço.


6. Laboratório Acreditado: Essa acreditação (credenciamento) é o reconhecimento formal de que o laboratório está operando com sistema de qualidade documentado e apresenta-se tecnicamente competente segundo critérios estabelecidos por normas internacionais. A acreditação subentende a comprovação da competência técnica, credibilidade e capacidade operacional do laboratório. Possuímos um processo em andamento com empresas credenciadas no INMETRO para manutenção preventiva e corretiva de equipamentos e materiais.


7. Qualidade dos insumos e demais materiais: Todos os reagentes, produtos químicos, equipamentos e materiais do laboratório, adquiridos na forma de licitação pública, devem cumprir as exigências constantes no referido edital e estar devidamente regularizados e autorizados junto a Anvisa ou outros órgãos competentes. 

 

8. Regulamentação Técnica: O laboratório possui o objetivo de definir princípios e requisitos para a execução das análises com qualidade, confiabilidade e segurança seguindo às normas e regulamentos específicos. Abaixo seguem algumas legislações que regem o laboratório:

  • BRASIL ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Dispõe sobre o funcionamento de laboratórios analíticos que realizam análises em produtos sujeitos à Vigilância Sanitária e dá outras providências. RDC nº 11, de  11 de fevereiro de 2012.
  • BRASIL ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Dispõe sobre Regulamento Técnico para funcionamento de Laboratórios Clínicos. RDC n.º 302, de 13 de outubro de 2005. 
  • BRASIL ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O regulamento técnico dispõe sobre os requisitos de boas práticas de funcionamento para os serviços de saúde. RDC n.º 63, de 25 de novembro de 2011. 
  • BRASIL ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Altera a Resolução. RDC n.º 302, de 13 de outubro de 2005, que dispõe sobre o Regulamento Técnico para funcionamento de Laboratórios Clínicos. RDC n° 30, de 24 de julho de 2015. 
  • BRASIL ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Dispõe sobre o Regulamento Técnico para planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde. RDC n.º 50, de 21 de fevereiro de 2002. 
  • BRASIL ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Regulamenta as Boas Práticas de Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde e dá outras providências. RDC n.º 222, de 22 de março de 2018.
  • BRASIL ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde. RDC n.º 306, de 07 de dezembro de 2004. 
  • Portaria GM n° 3214, Aprova as Normas Regulamentadoras - NR - do Capítulo V, Título II, da Consolidação das Leis do Trabalho, relativas a Segurança e Medicina do Trabalho, de 08 de julho de 1978.
  • Laboratório de Apoio – Pardini (Belo Horizonte) - acesse aqui
  • Laboratório de Carga Viral (HU) - acesse aqui
  • Laboratório de Anatomia Patológica (HU)
  • Laboratório de Micobactérias (HU)
  • Laboratório de Fungos (HU)
  • Laboratório de Parasitologia (HU)