Notícias Notícias

Voltar

HU-Furg realiza campanha de prevenção à gravidez

Adolescência

HU-Furg realiza campanha de prevenção à gravidez

Material informativo está sendo distribuído pelo Hospital

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), está realizando atividades alusivas à Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, instituída este ano, pela Lei nº 13.798.  A Semana será celebrada, anualmente, no período que inclui o dia 1º de fevereiro, tendo como objetivo disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas.

No HU-Furg, foi produzido material informativo e educativo com o tema “A Adolescência é para ser curtida!”, incluindo cartazes, banners digitais e folders que estão sendo distribuídos no Hospital. A campanha aborda o uso do Dispositivo Intrauterino (DIU) como um dos métodos contraceptivos mais indicados para evitar a gravidez na adolescência, com efeito anticoncepcional por 10 anos. Conforme a obstetra e chefe da Unidade da Mulher do HU-FURG, Tânia Fonseca, esse método tem menor chance de falhar em comparação com abordagens mais comuns entre as mais jovens, como a pílula, adesivos contraceptivos e injeções. “Com o DIU, a adolescente não precisa lembrar de se prevenir contra a gravidez, como no caso da pílula anticoncepcional, que necessita tomar diariamente. No entanto, é preciso lembrar que o DIU não previne as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), necessitando o uso da camisinha”, observou Tânia. 

O DIU é oferecido gratuitamente pelo HU-Furg, basta dirigir-se à Central de Agendamento, localizada no térreo do Prédio Anexo do Hospital, com atendimento presencial de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 16h. Para isso, é preciso portar o documento de identificação pessoal com foto e o cartão do SUS.

 

Dados preocupantes
A atividade sexual na adolescência vem iniciando-se cada vez mais cedo. Com isso tem aumentado os números de casos de IST e de gravidez indesejada nessa faixa etária. Dados apontam que, no Brasil, uma em cada cinco mulheres será mãe antes de terminar a adolescência. Atualmente, a taxa brasileira de gravidez na adolescência é de 68,4 nascimentos para cada mil adolescentes (meninas de 15 a 19 anos), de acordo com relatório publicado em 2018, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Quando a atividade sexual resulta em gravidez, gera consequências tanto para a adolescente quanto para o recém-nascido. A adolescente poderá apresentar problemas de crescimento e desenvolvimento, emocionais e comportamentais, educacionais e de aprendizado, além de complicações da gravidez e problemas no parto. 

 

Sobre a Ebserh
Desde julho de 2015, o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-FURG) faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

 

Assessoria de Comunicação do HU-FURG/Ebserh