Notícias Notícias

Voltar

Confira o balanço das atividades do Janeiro Branco/2019

JANEIRO BRANCO

Confira o balanço das atividades do Janeiro Branco/2019

A campanha busca auxiliar no cuidado com a saúde mental

A terceira edição da campanha Janeiro Branco foi realizada no Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), com a organização da Divisão de Gestão de Pessoas (DivGP), com o apoio da Unidade Psicossocial, ligada à Gerência de Atenção à Saúde (GAS), e da Unidade de Comunicação Social. Esta é uma mobilização nacional, que objetiva auxiliar no cuidado com a saúde mental e, em 2019, os organizadores escolheram o tema “Cuidando da Saúde Mental”. 

O médico psiquiatra e chefe da Unidade Psicossocial, Dinarte Ballester, ressalta que “o Janeiro e o Branco são o mês e a cor escolhidos para colocar em evidência a necessidade de cuidarmos da saúde mental da população por nós atendida e, também, de nós, colaboradores do HU e que estamos expostos às tensões do dia a dia do trabalho em saúde”. As ações, voltadas aos colaboradores do HU-Furg, foram realizadas de 21 a 31 de janeiro. 

Durante o período, os trabalhadores puderam interagir e demonstrar seus sentimentos no “Quadro das Emoções - um painel junto ao relógio de ponto eletrônico para que os funcionários assinalassem o seu estado de humor naquele dia”, explica Dinarte. A chefe da DivGP, Tássia Soares, também indica que os dados sobre saúde mental apresentados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), descritos abaixo no “Saiba mais”, motivaram a realização da pesquisa, “pois, de forma lúdica, pudemos identificar como nossos trabalhadores estavam se sentindo em relação ao Hospital Universitário”, enfatiza Tássia. 

Considerando os dados acima, Tássia analisa que “as emoções positivas tiveram mais marcações do que as negativas. Entretanto, assim como os dados apresentados pela OMS, em que o Brasil é mencionado como o campeão de casos de depressão na América Latina, em nosso ambiente organizacional, a emoção negativa com maior expressão foram os sentimentos de Tristeza, Angústia e Cansaço”.

A programação também incluiu palestras. A primeira delas, voltada às chefias do Hospital, teve como tema: “Transtornos mentais e seus estigmas: como enfrentá-los?”, com o médico psiquiatra e chefe da Unidade Psicossocial, Dinarte Ballester. “Esta foi uma forma de refletirmos sobre o tratamento no qual dispensamos aos colegas e pacientes em nosso cotidiano. A ideia é trabalharmos a sensibilização do nosso olhar, para que possamos ser mais acolhedores, apoiadores de situações de sofrimento do outro”, aponta Tássia.

Outras três palestras, dirigidas aos colaboradores, foram ministradas por profissionais da Unidade Psicossocial, sendo que a psicóloga Fernanda Gautério tratou sobre os diferentes tipos de personalidades que encontramos nas nossas relações com colegas e pacientes; e a assistente social, Liziane Jaekel, orientou maneiras de organizar o orçamento pessoal, que também pode ajudar a cuidar da saúde mental e evitar o sofrimento - essa ação foi organizada pela CIPA/Ebserh. “A intenção da Unidade de Atenção Psicossocial é manter ações educativas sobre saúde mental, voltadas para o nosso público interno e para a comunidade, ao longo de todo o ano”, destaca Dinarte.

A palestra sobre “Praticando o Mindfulness no dia a dia: Introdução a técnicas que podem nos auxiliar a lidar com a Ansiedade”, com a psicóloga Angelina Pontes da Silva, “foi pensada a partir de demandas dos profissionais de nosso Hospital Universitário” revela Tássia. A conversa não teve como enfoque a doença mental, mas sim, formas mais adequadas de reagir ao ambiente de maneira mais saudável, mantendo o foco no aqui e agora, como técnica de diminuição da ansiedade.  A palestrante ensinou técnicas básicas de meditação, que podem ser realizadas em qualquer lugar, e que ajudam a deixar pensamento livre e retornar na tarefa atual.

Tássia faz um balanço das atividades da campanha Janeiro Branco e ressalta que “a saúde mental não pode ser pensada apenas no mês de janeiro, em razão da campanha, mas ao contrário, devemos pensar em cuidarmos cada vez mais dela, sempre. Desta forma, a partir das atividades deste ano, surgiram outras ideias que pretendemos colocar em prática durante todo o ano corrente, com a intenção de promover a saúde mental em nosso ambiente de trabalho”. 

 

Saiba mais
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade de casos de depressão cresceu 18% em 10 anos. Até 2020, esta será a doença mais incapacitante do planeta, na previsão da OMS. O Brasil é campeão de casos de depressão na América Latina. Quase 6% da população, um total de 11,5 milhões de pessoas, sofrem com a doença. 

 

Sobre a Ebserh
Desde julho de 2015, o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

 

Assessoria de Comunicação do HU-Furg/Ebserh

Imagens: