Notícias Notícias

Voltar

Banco de Leite precisa de doações

Amamentação

Banco de Leite precisa de doações

Os estoques estão baixos, inviabilizando a correta alimentação dos bebês internados

Arquivos:

O Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), está com seu estoque baixo. Neste momento, ele somente está conseguindo disponibilizar o leite humano para os prematuros com menos de um quilo, internados na UTI Neonatal.

O leite doado ao HU-Furg alimenta bebês prematuros, de baixo peso ou que estão em tratamento de patologias diversas. “Recebemos, em média, a doação de 50 a 60 litros de leite por mês. Nesta época do ano, a doação cai para cerca de 25 litros, mas continuamos com a mesma demanda! Para atender o HU seria necessário recebermos de 80 a 100 litros de leite por mês”, afirma a nutricionista e coordenadora do BLH, Grace Santos. Na falta do leite humano, as crianças internadas são alimentadas com fórmula infantil. O que não é ideal de acordo com o Ministério da Saúde, que incentiva a amamentação por garantir o crescimento e o desenvolvimento saudável do bebê durante os primeiros dois anos de vida. Grace ainda observa que “a doação também traz benefícios para a mulher que tem leite excedente, pois evita a inflamação nos seios, conhecida como mastite”.

O leite materno é o primeiro e o melhor alimento para o bebê. Já a amamentação é um ato de amor, que propicia a criação do vínculo entre mãe e filho, mas, nem sempre é assim, há mães que, por inúmeras razões têm dificuldades, ou mesmo não conseguem amamentar seus filhos. Independente das razões, a maioria das crianças internadas na Maternidade, Pediatria e nas UTIs Neonatal e Pediátrica do HU-Furg dependem deste alimento. As doações de leite humano podem ser realizadas diretamente no HU ou com coletas agendadas em casa.

 

Quem pode doar?

Podem ser doadoras de leite, as mulheres que estejam amamentando e que tenham a carteira de pré-natal ou exames recentes. As doações podem ser feitas diretamente no Banco de Leite no HU-Furg, de segunda a sexta-feira (inclusive feriados), das 8h às 21h, e nos finais de semana, das 8h às 18h. As coletas em casa podem ser agendadas pelo telefone (53) 3233.8880 – as mães devem seguir as orientações dadas pela equipe responsável pelo BLH.

 

Banco de Leite Humano (BLH)

O BLH é o único banco do sul do Rio Grande do Sul e iniciou suas atividades em 2002, impulsionado pela Comissão do Hospital Amigo da Criança e pelas Amigas do HU, e foi inaugurado em dezembro de 2006. Desde 2013, o BLH submete seu trabalho à avaliação da Rede Global de Bancos de Leite Humano e vem sendo certificado por seu desempenho.  A equipe realiza a coleta interna e externa, o processamento, o controle de qualidade e a distribuição do leite humano de acordo com demanda interna. Grace salienta que “o leite humano cru é usado apenas de mãe para filho, mas quando é pasteurizado, pode ser distribuído para todos que precisam”.

O BLH oferece, gratuitamente, orientações sobre a amamentação e seus benefícios; realiza atendimentos e auxilia com as dificuldades na amamentação (dificuldades na pega, fissuras nas mamas, ingurgitamento, relactação); faz visita domiciliar para coleta de leite materno, além de coletar, processar, controlar a qualidade e a distribuição de leite humano cru e pasteurizado, de acordo com a demanda das unidades internas do HU-Furg.

 

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde julho de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Assessoria de Comunicação do HU-Furg/Ebserh