Notícias Notícias

Voltar

HU-Furg adere a programas de intercâmbio de estágios

Ensino

HU-Furg adere a programas de intercâmbio de estágios

Estudantes de medicina da Bolívia, Canadá, Suíça e Egito já apresentaram interesse

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), passou a oferecer, a partir de janeiro deste ano, vagas para os programas de intercâmbio nacional e internacional de estágios para acadêmicos de Medicina. Ao todo, são ofertadas 60 vagas em 2019, dividas nas áreas de Infectologia, Anestesiologia, Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia Geral e Traumatologia. Em janeiro, o Hospital já recebeu estudantes de Brasília e da Bolívia e alunos do Canadá, Suíça e Egito já apresentaram interesse no estágio. 
A gerente de Ensino e Pesquisa do HU-Furg, Marilice Magroski, ressalta que pela primeira vez o Hospital está oferecendo vagas de estágio para alunos de outros países, através de um programa de intercâmbio. “Isso é extremamente importante para a troca de conhecimento e aperfeiçoamento do aprendizado e do atendimento aos nossos pacientes”, enfatizou Marilice. 

O Intercâmbio faz parte das ações promovidas pela Federação Internacional das Associações dos Estudantes de Medicina do Brasil (IFMSA Brazil - International Federation of Medical Students Associations), que há 25 anos oferece estrutura para uma experiência universitária completa ao acadêmico de Medicina. A Associação está ligada a IFMSA, que é a maior organização estudantil do mundo, congregando mais de 1,3 milhões de acadêmicos de Medicina em mais de 130 países. Em Rio Grande, as atividades contam com o apoio da Coordenação Local de Estágios e Vivências (Clev), que tem como objetivo promover intercâmbios para os estudantes de Medicina, na Furg. A Clev tem o suporte da Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (Denem), que oferece os intercâmbios de estágios nacionais e internacionais através da IFMSA. Já a Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP) do HU-Furg, é a responsável pelos alunos no Hospital e pela oferta das vagas de estágios. 

O Programa de Intercâmbio Nacional tem como objetivos a qualificação curricular, ganho acadêmico e ampliação da rede de contatos, além do desenvolvimento de habilidades médicas, de comunicação e liderança, oferecendo uma formação complementar mais humanizada. O Programa permite ao estudante de medicina vivenciar sistemas de saúde em outras realidades, sempre preservando os valores de melhoria social. Os intercâmbios possuem um período de até quatro semanas, possibilitando complementar o período não letivo. Durante o período que realizam o estágio, os alunos ficam alojados nas casas dos estudantes da Medicina da Furg, possibilitando um intercâmbio cultural também para os alunos da nossa Universidade.

 

Aprendizado

Uma das incentivadoras do programa de intercâmbio para recebimentos de alunos em Rio Grande foi a acadêmica do 5º ano de Medicina da Furg, Ana Carolina Rein, que, em 2017, participou de intercâmbio na Tunísia, atuando no Hospital Universitário de Sahloul. Conforme Ana Carolina, que é integrante da Clev da Furg, a experiência adquirida nesse tipo de atividade auxilia no desenvolvimento pessoal e na formação do aluno. “Vivenciei outra realidade. No Hospital em que estagiei haviam poucos médicos, já que o país conta apenas com quatro faculdades de Medicina. Então, grande parte do trabalho acaba sendo feito por técnicos, bem como a maioria dos partos são realizados por parteiras. Não existe muito preocupação com o trabalho humanizado. Na dificuldade vemos como eles lidam no dia a dia e passamos a valorizar a maneira que atuamos no Brasil”, salientou Ana Carolina, que auxilia no acolhimento dos alunos intercambistas que chegam a Rio Grande.

Para Carla Paulinellli, uma das primeiras alunas a participar do Intercâmbio da Furg e que acaba de concluir suas quatro semanas de estágio, a experiência em Rio Grande foi de grande aprendizado. A aluna do 5º ano de Medicina da Universidade Católica de Brasília (UCB), salientou que optou pela Furg por ser reconhecida pelo parto humanizado e os cuidados e atenção diferenciada com a saúde. “Minha área de estágio foi a de Ginecologia e Obstetrícia e aqui aprendi muito e poderei auxiliar na sugestão de melhorias para nossa atuação em Brasília”, analisou Carla. 

Já para Cristina Abbad de Oliveira Castro, também 5º ano de medicina da UCB, que acaba de iniciar seu estágio, as expectativas são as melhores. “Fui bem recebida em Rio Grande, já notei que aqui nós participamos mais ativamente do atendimento aos pacientes o que agrega muito em nossa qualificação, sendo uma maneira mais proveitosa de aprendizado em relação a minha Universidade”, observou a estudante. 


Sobre a Ebserh
Desde julho de 2015, o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

 

Assessoria de Comunicação do HU-Furg/Ebserh

Imagens: