Notícias Notícias

Voltar

Primeira paciente do HU-Furg recuperada da covid-19 recebe alta

Coronavírus

Primeira paciente do HU-Furg recuperada da covid-19 recebe alta

Na manhã desta sexta-feira, 19 de junho, uma mistura de alegria e esperança contagiou a todos os colaboradores da Área Covid-19 do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Com aplausos, os profissionais que estão na linha de frente no combate à pandemia, comemoram a alta hospitalar do primeiro paciente curado do Hospital.

A paciente, Rosa Lopes, 62 anos, foi diagnosticada com covid-19 no final de maio e estava em isolamento domiciliar. Com o agravamento do quadro clínico, ela foi internada no HU-Furg. Com muita falta de ar, Rosa recebeu os cuidados da equipe multidisciplinar e tratamento que auxiliaram em sua recuperação. Após realizar o teste PCR, processado no Laboratório de Apoio Diagnóstico em Infectologia do próprio Hospital, a paciente recebeu a boa notícia: estava curada.

Ao receber alta hospitalar, ela foi homenageada com uma medalha de “1ª vencedora”, com a frase “Acreditar é a força que nos permite vencer os obstáculos da vida”.

 

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde julho de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

 

Assessoria de Comunicação do HU-Furg/Ebserh