Notícias Notícias

Voltar

HU-FURG adota classificação de risco obstétrico

ATENDIMENTO

HU-FURG adota classificação de risco obstétrico

Triagem dá prioridade aos atendimentos de urgência e emergência

A partir desta segunda-feira (21), o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-FURG), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), passa a contar com o “acolhimento com classificação de risco obstétrico”, priorizando os casos de urgência e emergência. A ação faz parte da pactuação realizada entre o Ministério Público Estadual (MPE), Secretaria de Município da Saúde e o HU-FURG, com o objetivo de melhorar a qualidade do atendimento obstétrico em Rio Grande.

A classificação ou triagem tem como objetivo a organização dos fluxos de atendimento, com base em critérios que visam priorizar as pacientes que apresentam sinais e sintomas de maior gravidade e ordenar a demanda. Ele se inicia no momento da chegada da mulher, com a identificação da situação (queixa) ou evento apresentado por ela. A partir daí é verificado o estado dela, levando em consideração itens como nível de consciência/estado mental, sinais e sintomas gerais, fatores de risco e avaliações da respiração e ventilação, da circulação sanguínea e da dor. Dessa forma, a gestante receberá classificação por cor: vermelho, atendimento imediato, com risco de morte; laranja, em até 15 minutos, casos graves; amarelo, em até 30 minutos, casos urgentes; verde, em até 120 minutos, casos com baixo risco; azul, em até 240 minutos, casos não urgentes.

No Hospital os pacientes serão atendidos, das 8h às 20h, pelos médicos Rafael de Souza e Andrea Cabral, que foram disponibilizados pela Prefeitura Municipal. Após a análise dos médicos é que será dada a classificação à paciente. Os casos que apresentarem classificação azul serão referendados para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de origem. Com isso, o hospital dará prioridade aos casos de urgência e emergência. Visando melhorar o atendimento oferecido à comunidade, a Prefeitura também ampliou o horário da UBS Rita Lobato, das 17h para as 23h. A Unidade está localizada no Centro de Rio Grande.

De acordo com a obstetra e chefe da Unidade da Mulher do HU-FURG, Tânia Fonseca, anteriormente o atendimento era pela ordem de chegada e acabava uma gestante de baixo risco sendo atendida antes de um caso de emergência. “Com a classificação os casos mais graves serão priorizados e hierarquizados, tendo seus atendimentos agilizados. Os casos que não apresentarem gravidade, seguirão a ordem de classificação. Já os que não apresentarem necessidade de atendimento com especialista do Centro Obstétrico (CO), serão encaminhadas para suas unidades básicas de referência”, explicou Tânia.

O acesso das gestantes para atendimento é realizado através do Serviço de Pronto Atendimento (SPA), na esquina das ruas Visconde de Paranaguá e Comendador Vasco Vieira da Fonseca.

 

Sobre a Ebserh
Desde julho de 2015, o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-FURG) faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

 

Assessoria de Comunicação do HU-FURG/Ebserh