Notícias Notícias

Voltar

HU-Furg realiza Capacitação em Metodologias Ativas de Ensino e Aprendizagem

Preceptoria:

HU-Furg realiza Capacitação em Metodologias Ativas de Ensino e Aprendizagem

A formação de residentes, seja na área médica ou multiprofissional norteia-se pelo princípio do treinamento em serviço, ou seja, é a partir da inserção do residente no contexto da prática profissional, com profissionais especialistas e experientes na área, que as competências profissionais são construídas. Nesse sentido, anualmente mais de 50 residentes inserem-se no HU-Furg, para sua formação, exigindo um time cada vez mais qualificado de preceptores que promovam uma formação que instigue o raciocínio clínico adequado e que contribua para melhor tomada de decisão.

É sabido que os métodos tradicionais de ensino, de transmissão do conhecimento dificultam o residente a problematizar a realidade e, portanto, ser protagonista do seu processo de ensino-aprendizagem. Assim, a Gerência de Ensino e Pesquisa do HU-Furg, vem desenvolvendo, deste de abril, a Capacitação em Metodologias Ativas de Ensino e Aprendizagem para o exercício da preceptoria. O projeto busca instrumentalizar os preceptores da instituição, com conhecimentos específicos sobre metodologias ativas de ensino, de forma que as mesmas possam ser utilizadas nos momentos de interface preceptor/residente, tais como rounds, seminários e discussão de casos clínicos beira-leito.

O primeiro módulo (40h), que encerrou no último dia 6 de junho, abordou a metodologia da Problematização e da Aprendizagem Baseada em Problemas, com encontro semanais. Outros dois módulos farão parte da capacitação. Os trabalhos são coordenados pela enfermeira, Camila Barcelos, chefe do Setor de Ensino do HU-Furg e também facilitadora e apoiadora de Intervenção do Instituo de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês. A capacitação incialmente está sendo ofertada para os preceptores do Programa de Residência Integrada Hospitalar Multiprofissional, com ênfase na Atenção Cardiometabólica do Adulto, mas a intenção da GEP é que a iniciativa seja expandida para outros programas de residência.