Notícias Notícias

Voltar

Setor de Farmácia implanta Kanban para gerenciar estoque

GESTÃO

Setor de Farmácia implanta Kanban para gerenciar estoque

Técnica japonesa contribui para o aprimoramento de armazenagem de produtos e controle de estoque

A palavra Kanban, no seu sentido literal, significa “cartão” ou “sinalização”. É uma metodologia japonesa utilizada para gerenciar o estoque, melhorar o desempenho e reduzir desperdícios.

O estoque da farmácia do HU, que é de extrema importância para o funcionamento do hospital, começou a utilizar o Kanban no mês de abril, como ferramenta de monitoramento. O médico Sérgio Paulo dos Santos Pinto, Gerente de Atenção à Saúde, trouxe a ideia do Kanban para a Farmácia pensando nas melhorias que esse sistema poderia oferecer, por se tratar de um dispositivo simples e eficiente.

Eunice Baeta, Chefe da Unidade de Abastecimento Farmacêutico e Dispensação, disse que a princípio e para teste, foi criado um plano piloto para a realização do sistema. Das cinco salas utilizadas para o estoque, uma foi selecionada para experimentação.

Vendo a necessidade do prazo para o empenho, foi estipulado o prazo de 4 meses para duração desse estoque, divididos em cinco lotes de cada medicamento, sendo que cada lote tem duração de 24 dias de estoque. Com essa divisão, foi criado um quadro onde pode-se ver o estoque de cada medicamento. Com cores distintas e bem didático, o Kanban mostra a evolução do uso dos medicamentos e o momento certo de solicitar outra remessa.

“Hoje, com esse plano piloto, tenho uma maior segurança com relação ao estoque, otimizou o processo e os espaços de armazenamento, além de ser possível verificar o planejamento do começo ao fim, de forma simples e objetiva”, afirma Eunice.

Outra informação relevante abordada por Eunice Baeta, é de que é possível verificar a demanda daquele medicamento e a quantidade a ser comprada. Se dentro dos quatro meses ele foi pouco usado ou está em um processo rápido de retirada, será necessário repensar as solicitações deste medicamento. Desta maneira, traz esses indicadores que visam a economia e evita desperdícios.

Com esses primeiros resultados positivos, a Farmácia pretende estender o Kanban para todas as outras quatro salas e contribuir ainda mais com o processo de armazenamento e distribuição desses produtos.

Bolsista: Nara Reis

Imagens: