Hospital Universitário - HU-UFJF

Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF

Atenção à Saúde Atenção à Saúde

Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente

NSP- Núcleo de Segurança do Paciente

NSP- Núcleo de Segurança do Paciente

Para a OMS, segurança do paciente corresponde à redução ao mínimo aceitável do risco de dano desnecessário associado ao cuidado de saúde. Compreender os fatores associados à ocorrência dos incidentes orienta a elaboração de ações para redução do risco, aumentando a segurança do paciente. A resposta da organização ao incidente inclui medidas para a situação específica com consequente aprendizado que leva a mudanças no sistema num movimento de melhoria contínua da qualidade.

O Núcleo de Segurança do Paciente-NSP deve elaborar o Plano de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde. O Plano deve estabelecer estratégias e ações de gestão de risco, conforme as atividades desenvolvidas pelo serviço de saúde para:

I - identificação, análise, avaliação, monitoramento e comunicação dos riscos no serviço de saúde, de forma sistemática;
II - integrar os diferentes processos de gestão de risco desenvolvidos nos serviços de saúde;
III - implementação de protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde;
IV - identificação do paciente;
V - higiene das mãos;
VI - segurança cirúrgica;
VII - segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos;
VIII - segurança na prescrição, uso e administração de sangue e hemocomponentes;
IX - segurança no uso de equipamentos e materiais;
X - manter registro adequado do uso de órteses e próteses quando este procedimento for realizado;
XI - prevenção de quedas dos pacientes;
XII - prevenção de úlceras por pressão;
XIII - prevenção e controle de eventos adversos em serviços de saúde, incluindo as infecções relacionadas à assistência à saúde;
XIV- segurança nas terapias nutricionais enteral e parenteral;
XV - comunicação efetiva entre profissionais do serviço de saúde e entre serviços de saúde;
XVI - estimular a participação do paciente e dos familiares na assistência prestada.
XVII - promoção do ambiente seguro

PROTOCOLO DE IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE

Aplicativo de Vigilância em Saúde e Gestão de Riscos Assistenciais Hospitalares implantado nas unidades hospitalares da Rede EBSERH. O VIGIHOSP, tem o objetivo de agilizar, ao Serviço de Segurança do Paciente, a ciência e a solução de problemas ocorridos nos hospitais, facilitando o processo decisório em ações para melhoria na qualidade dos serviços prestados aos pacientes. Assim, surge a necessidade de que estes incidentes possam ser notificados, sempre que possível em tempo real, para que seja realizada a devida avaliação e a tomada de providências. Visando a maior adesão dos profissionais que atuam nos hospitais existe a possibilidade de notificação anônima de incidentes.

Na sede da Ebserh, os indicadores fundamentam recomendações de aperfeiçoamento, alertas de segurança e, em breve, auxiliarão no processo de qualificação de fornecedores para a aquisição de tecnologias na área da saúde.

Plano Integrado para a Gestão Sanitária da Segurança do Paciente em Serviços de Saúde

O Protocolo de Cirurgia Segura tem a finalidade de determinar as medidas a serem implantadas para reduzir a ocorrência de incidentes, eventos adversos e a mortalidade cirúrgica, possibilitando o aumento da segurança na realização de procedimentos cirúrgicos, no local correto e no paciente correto, por meio do uso da Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica (LVSC) desenvolvido pelo MINISTÉRIO DA SAÚDE/ ANVISA e FIOCRUZ (BRASIL, 2013). Adaptado para a realidade do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora HU-UFJF.

Protocolo de cirurgia segura

A finalidade deste protocolo é de instituir e promover a higiene das mãos em todas as unidades do Hospital Universitário de Juiz de Fora (HU-UFJF/EBSERH), com o intuito de prevenir e controlar as infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS), visando à segurança do paciente, dos profissionais de saúde e de todos aqueles envolvidos nos cuidados aos pacientes.

Protocolo de Higienização das Mãos

O objetivo deste protocolo é reduzir a ocorrência de quedas de pacientes nos pontos de assistência do HU UFJF/EBSERH e o dano dela decorrente, por meio da implantação de medidas que contemplem a avaliação de risco do paciente, garantam o cuidado multiprofissional em um ambiente seguro, e promovam a educação do paciente, familiares, acompanhantes e profissionais (BRASIL, 2013).

Protocolo de prevenção de quedas

Finalidades:
- Identificar e classificar os pacientes com risco para Lesão Por Pressão (LPP).
- Implementar ações preventivas nos clientes com risco para LPP.
- Identificar precocemente LPP em estágios iniciais. 

Protocolo: Prevenção de Lesão por Pressão