Notícias Notícias

Voltar

HU convoca primeiros profissionais para enfrentamento à Covid-19

PROCESSO SELETIVO EMERGENCIAL

HU convoca primeiros profissionais para enfrentamento à Covid-19

Foram chamados 19 fisioterapeutas, cinco médicos intensivistas, três anestesiologistas, dois médicos de emergência e uma clínica médica.

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), vinculado à Rede Ebserh, convocou os primeiros profissionais para enfrentamento à Covid-19. Os colaboradores temporários foram selecionados em Processo Seletivo Emergencial da Ebserh, em abril, com o objetivo de auxiliar as equipes que vão atender os casos suspeitos ou confirmados de contaminação pelo novo coronavírus.

A pedagoga do HU-UFS, Silvana Menezes, explica que a integração dos novos colaboradores foi organizada para acontecer a distância. Com a utilização de ferramenta de reunião virtual, os profissionais são apresentados à estrutura da Ebserh e do próprio HU-UFS, além de adquirirem conhecimento sobre o funcionamento do serviço de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (Sost) e do Setor de Gestão da Qualidade e Vigilância em Saúde (SGQVS). “Eles recebem, do Sost e do SGQVS, instruções de segurança específicas para este momento”, destaca. Por meio de vídeos e imagens, os convocados podem aprender os principais cuidados e informações relacionados ao paciente suspeito ou com confirmação de Covid-19.

Silvana ressalta que, embora os contratos de trabalho sejam temporários, os colaboradores atuarão dentro das mesmas regras de segurança já adotadas pelo HU-UFS. “No momento da assinatura do contrato e da entrega da carteira de trabalho, o profissional recebe os equipamentos de proteção individual”, pontua.

Nas primeiras três chamadas ao longo desta semana, o HU-UFS convocou 30 candidatos: 19 fisioterapeutas, cinco médicos intensivistas, três anestesiologistas, dois médicos de emergência e uma médica especialista em clínica médica. Para acompanhar os editais de convocação, clique aqui.

Em todo o Brasil, a Rede Ebserh já convocou mais de 3,6 mil profissionais para o combate à Covid-19.

Atuação da Rede Ebserh

Desde os primeiros anúncios sobre o Covid-19, a Rede Ebserh tem trabalhando em parceria direta com os ministérios da Saúde e da Educação, com participação nos COEs desses órgãos, e tendo como diretrizes o monitoramento da situação no país e em suas 40 unidades hospitalares.

Também tem atuado na realização de treinamento de funcionários da Rede, promoção de webaulas, definição de fluxos e instituição de câmaras técnicas de discussões com especialistas. Realizou processo seletivo emergencial com a possibilidade de contratação de aproximadamente 6 mil profissionais temporários para o enfrentamento da pandemia e disponibilizou R$ 274 milhões para ações contra o coronavírus, recursos do Ministério da Educação (MEC) liberados pela Ebserh de acordo com a necessidade e urgência de cada unidade hospitalar. A verba está sendo utilizada em adequação da infraestrutura, aquisição e manutenção de equipamentos, compra de medicamentos e outros insumos, além de equipamentos de proteção individual.

Em algumas regiões, as unidades da Rede Ebserh têm atuado como hospitais de referência ao enfrentamento do Covid-19, enquanto que em outras, atuam como retaguarda em atendimentos assistenciais para a população, por meio do Sistema Único de Saúde.

Por Luís Fernando Lourenço