Notícias Notícias

Voltar

Parceria oferta apoio psicológico a profissionais de saúde

UTILIDADE PÚBLICA

Parceria oferta apoio psicológico a profissionais de saúde

Os residentes do programa Multiprofissional em Saúde também disponibilizam o serviço para todos os servidores do HU-UFS.

A Prefeitura de Aracaju tem a Universidade Federal de Sergipe (UFS) como uma importante aliada no enfrentamento da covid-19. Assim, em parceria, o Centro de Educação Permanente da Saúde, da Secretaria Municipal da Saúde (Ceps/SMS), e o Programa de Residência em Saúde do Adulto e Idoso, do Hospital Universitário (HU-UFS), unidade vinculada à Rede Ebserh, passarão a disponibilizar, a partir da próxima segunda-feira, 22, plantão psicológico aos profissionais que atuam no Hospital de Campanha de Aracaju.
 
“A Secretaria tem feito esforços para cuidar da saúde do trabalhador do SUS de Aracaju, e a pandemia pelo coronavírus trouxe um desafio extra para os profissionais de saúde que estão à frente da assistência. Diante desse contexto novo e desafiador, se deve levar em consideração o importante impacto na saúde mental dos trabalhadores”, justifica a coordenadora do Ceps, Jane Curbani. 
 
O serviço, que inicialmente acontecia apenas de forma presencial no HU-UFS, foi ampliado para o formato online e será composto por três psicólogas residentes que estarão disponíveis para os atendimentos, em uma plataforma digital e segura, garantindo o sigilo dos usuários. É um espaço de acolhimento e escuta especializada, ofertado de modo pontual.
 
“Alterações de comportamentos e de sentimentos nessa pandemia é natural acontecer, mas a partir do momento que a pessoa percebe que aquilo está impactando na sua qualidade de vida, é necessário um suporte profissional. Com essa proposta, pretendemos captar um maior número de profissionais. Ampliamos o serviço para dispor de outras estratégias e alcançar esses profissionais, que muitas vezes criam resistência”, explica a psicóloga residente do HU-UFS, Talita Andrade. 
 
O serviço funciona de maneira a oferecer um suporte especializado no momento de necessidade do profissional de saúde. Acolhendo de maneira ética e profissional as demandas, a psicóloga de plantão, conforme seja necessário, também poderá proporcionar indicações e encaminhamentos para outras modalidades de serviços. 
 
“No contato, o profissional preenche os dados e informa qual o serviço deseja, bem como no caso onde o profissional deseja orientações de como atuar frente ao atendimento do paciente ou de familiares”, afirma Talita. 
 
Para ter acesso ao serviço, basta preencher o formulário disponível em: https://forms.gle/4qWZb9enCMLZUA2G9. Após o envio das informações, em até 24 horas o profissional entra em contato para o atendimento online. No preenchimento do formulário, o profissional de saúde sinaliza o melhor dia e horário para receber o atendimento, que está disponível às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h às 19h, e às terças, quintas e sábados, das 7h às 13h. 
 
A coordenadora do Ceps avalia de forma positiva a parceria, visto que além de oferecer mais um cuidado voltado para a saúde do trabalhador da saúde, contribui no campo acadêmico. “A Prefeitura disponibiliza para a UFS os campos de práticas para o estágio do residente em Saúde e deste modo também contribui para a formação destes profissionais”, ressalta Jane Curbani. 
 
 
Apoio Psicológico para a população
Ativo há pouco mais de dois meses, o Serviço de Apoio Psicológico remoto da Prefeitura, ofertado pela Secretaria da Saúde, é uma inovação do SUS Aracaju, com um atendimento disponibilizado de segunda a sábado, das 8h às 20h, ininterruptamente, para pessoas de todas as idades que sentem a necessidade de uma escuta qualificada nesse período de isolamento social e os desafios diante do novo contexto de pandemia.  
 
O serviço passou a ser integrado ao 0800 729 3534, cuja ligação é gratuita.
 

Atuação da Rede Ebserh

Para o enfrentamento da pandemia de Covid-19, a Rede Ebserh implementou o Comitê de Operações Especiais (COE) para definir estratégias e ações em nível nacional. Desde os primeiros anúncios sobre a Covid-19, a Rede Ebserh tem trabalhado em parceria direta com os ministérios da Saúde e da Educação, com participação nos COEs desses órgãos, e tendo como diretrizes o monitoramento da situação no país e em suas 40 unidades hospitalares.

Tem atuado na realização de treinamento de funcionários da Rede, promoção de webaulas, definição de fluxos e instituição de câmaras técnicas de discussões com especialistas. Promoveu processos seletivos emergenciais com a possibilidade de contratação de aproximadamente 6 mil profissionais temporários para o enfrentamento da pandemia

Também disponibilizou R$ 274 milhões para ações contra o coronavírus, recursos do Ministério da Educação (MEC) liberados pela Ebserh de acordo com a necessidade e urgência de cada unidade hospitalar. A verba está sendo utilizada em adequação da infraestrutura, aquisição e manutenção de equipamentos, compra de medicamentos e outros insumos, além de equipamentos de proteção individual.

Em algumas regiões, as unidades da Rede Ebserh têm atuado como hospitais de referência ao enfrentamento do Covid-19, enquanto que em outras, atuam como retaguarda em atendimentos assistenciais para a população, por meio do Sistema Único de Saúde.

Imagens:

Com informações da Secretaria de Saúde de Aracaju.