Notícias Notícias

Voltar

"Fui a centésima paciente a fazer cirurgia bariátrica no HU-UFS"

MINHA HISTÓRIA COM A REDE EBSERH

"Fui a centésima paciente a fazer cirurgia bariátrica no HU-UFS"

O projeto “Minha História com a Rede Ebserh” apresenta relatos de superação e a trajetória até a cura dos pacientes atendidos pelos nossos hospitais universitários federais. É o seu trabalho mudando a vida de quem mais precisa!

Frequento o Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) desde 2009, quando comecei o meu tratamento contra a obesidade. Naquela época, fui ao posto de saúde do meu bairro e o médico me deu um encaminhamento para um endocrinologista, porque havia uma vaga disponível no HU-UFS. Lá, fui atendida pela médica especialista e pela nutricionista. Foi quando tudo começou.

Eu não levava muito a sério o tratamento. O tempo passava e eu não perdia peso. Acabei desistindo de ir para o HU-UFS durante um ano. Mesmo assim, a equipe da bariátrica não desistiu e me ligou. Engordei várias vezes durante as tentativas. Em 2017, eu era a segunda da lista para operação. Fui a centésima paciente a fazer cirurgia bariátrica no HU-UFS. Já tinha perdido mais de 15 quilos quando fui para a mesa de cirurgia, pesando 107 quilos.

Antes da minha cirurgia, sempre fui uma pessoa de bem com a vida. A minha obesidade nunca me limitou para nada; só resolvi fazer a cirurgia porque comecei a sentir muitas dores nas pernas e a minha pressão estava muito alta. Então, vi que estava na hora de me cuidar. No começo, a minha família não me apoiou muito. Assim que fiz a minha cirurgia, bateu um arrependimento, mas a minha mãe me colocava sempre para cima e fazia as dietas junto comigo. Fizemos dietas líquidas e dietas pastosas. Até ela perdeu peso!

Visito os médicos todos os meses. No HU-UFS, continuo fazendo todos os tipos de exames periódicos sem precisar me deslocar para outros lugares. Sou sempre muito bem atendida. A assistência social também está sempre à disposição para resolver qualquer coisa. Tenho acompanhamento até com o dentista.

Hoje, um ano e sete meses depois da bariátrica, peso 79 quilos e continuo perdendo peso. Levo uma vida mais ativa e faço ciclismo. Viajo de bicicleta para as cidades no interior de Sergipe. Eu sempre gostei de andar de bicicleta, mas ia só de casa para o trabalho, não era esporte. Saindo à noite para passear, via as turmas pedalando pela cidade e eu ficava doida para estar ali. Ainda não participo de competições, mas pretendo. Vivo uma vida normal, com alguns limites, e tenho de tomar muitas vitaminas e suplementos. Mas o prazer de entrar numa loja e poder escolher a roupa de que gosto é imenso.

Patrícia Fontes, 46 anos.

Sobre a Ebserh

Desde outubro de 2013, o HU-UFS faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

Criada em dezembro de 2011, a empresa administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Por Luís Fernando Lourenço