Notícias Notícias

Voltar

HU recebe mais de R$ 2,5 milhões do Rehuf

INVESTIMENTO

HU recebe mais de R$ 2,5 milhões do Rehuf

Hospitais universitários federais de toda a Rede Ebserh receberam, ao todo, um total de R$ 79,5 milhões. Recursos são do Ministério da Saúde, por meio do Rehuf, programa gerido pela Ebserh.

Aracaju (SE) - O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), unidade vinculada à Rede Ebserh, recebeu uma verba de um pouco mais de R$ 2,5 milhões do programa nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), gerido pela Ebserh, a ser descentralizada em três parcelas. Esse convênio, com a liberação do referido valor, permitirá a realização de investimentos no HU-UFS, com melhorias na infraestrutura e serviços, bem como a aquisição de equipamentos e mobiliário para a maternidade que está em construção.

Em concreto, a chegada dessa verba impulsiona os projetos de crescimento do HU-UFS. “É de grande satisfação receber os recursos, porque nos permitirão garantir o bom funcionamento do hospital e continuar os investimentos planejados”, assegura o gerente administrativo Edelzio Costa. O recurso fortalece, direta ou indiretamente, as atividades de ensino e pesquisa do HU-UFS e a atenção dispensada aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Repercussão nacional

Brasília (DF) – Os hospitais universitários federais contarão com um importante reforço financeiro para suas atividades de assistência, ensino e pesquisa. Foram liberados R$ 79,5 milhões para 48 unidades hospitalares, incluindo os hospitais da Rede Hospitalar Ebserh, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (1). Os recursos são do Ministério da Saúde (MS), liberados pelo Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O Programa Federal conta ainda com recursos do Ministério da Educação (MEC).

Todas as liberações de verbas fazem parte de um planejamento prévio feito pela Ebserh para garantir os investimentos e manutenção dos serviços das unidades. "Esses recursos buscam atender o pleno funcionamento dos hospitais universitários federais na parte de assistência, formação de profissionais, na aquisição de equipamentos e estruturação física das unidades. Desta forma, poderemos aperfeiçoar o que já vem sem sendo feito nessas unidades", explicou Eduardo Vieira, vice-presidente da Ebserh e presidente do Comitê Interno do Rehuf.

A relevância da liberação também foi destacada pela superintendente do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão. “Esses recursos são muito importantes, não só pela melhoria da infraestrutura dos hospitais, mas também para o aprimoramento dos serviços ofertados. No caso do HU-UFMA, que é referência a todo o estado do Maranhão, o custeio é muito elevado. Mas esses recursos fazem com que possamos manter o atendimento do hospital com qualidade”, ressaltou Joyce Santos Lages, vinculado à Rede Hospitalar Ebserh.

Acesse a portaria no DOU e veja quais hospitais receberão os recursos e seus respectivos valores.

O Programa e a Ebserh

Os recursos do Rehuf são geridos pela Ebserh e disponibilizados pelo MEC e pelo MS. O programa destina-se à reestruturação e revitalização dos hospitais vinculados às universidades federais, incluindo as não filiadas à Ebserh. A descentralização dos recursos obedece a critérios como o porte do hospital (número de leitos), o perfil assistencial (baixa, média ou alta complexidade), entre outros.

O objetivo é criar condições materiais e institucionais para que os hospitais universitários federais possam oferecer atendimento médico e hospitalar de qualidade, além de apoiar o ensino e pesquisa.

Vinculada ao MEC, a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da Ebserh.