Notícias Notícias

Voltar

Valorização da categoria marca abertura da X Semana de Enfermagem do Alcides Carneiro

SOLENIDADE

Valorização da categoria marca abertura da X Semana de Enfermagem do Alcides Carneiro

Necessidade de redução da jornada de trabalho foi lembrada no evento

Representando 75% da força de trabalho na área de saúde, os profissionais de enfermagem nem sempre recebem o reconhecimento devido e vivem desafios na profissão. Nessa quarta-feira (15) à noite, a valorização da categoria marcou os pronunciamentos feitos durante a abertura da X Semana de Enfermagem do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC-UFCG), da Universidade Federal de Campina Grande e vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O evento se estende até sexta-feira (17).

A solenidade contou com a presença do reitor da UFCG, Vicemário Simões. Ele destacou o trabalho desempenhado pelos enfermeiros e enfermeiras, relacionando com o índice de satisfação dos usuários do HUAC, que é de 83,99%. “Não podemos esquecer a nossa sociedade que é quem nos mantém, por isso precisamos sempre ter muito cuidado no atendimento aos nossos pacientes. Parabéns a todos! Sintam-se todos abraçados e contem sempre com nossa universidade”, disse.

Em seu pronunciamento, o superintendente do HUAC, professor Homero Rodrigues, ressaltou das múltiplas facetas assumidas pelos profissionais da enfermagem no dia a dia. “Na pessoa de cada enfermeiro, temos outros profissionais envolvidos.  Vocês sabiam que temos enfermeiros que também atuam como verdadeiros advogados, na defesa dos direitos de seus pacientes? Também são psicólogos e assistentes sociais quando necessário. Numa mesma pessoa estão múltiplas atividades! A fisioterapia, inclusive, surgiu da enfermagem”, comentou Homero Rodrigues.

O superintendente do HUAC aproveitou a ocasião para lembrar que a enfermagem, ainda hoje, é uma das profissões mais injustiçadas na área de saúde. Atualmente, por exemplo, há dezenas de Projetos de Lei no Congresso Nacional que tratam da redução da jornada, mas não avançam. Homero Rodrigues pediu, expressamente, o apoio do reitor da UFCG para que sejam feitas gestões institucionais em relação a esse pleito. “Precisamos colocar esse tema em pauta para discutir e acabar essa injustiça. A enfermagem é a única profissão na área de saúde com 40 horas”, declarou.

A valorização da categoria também foi lembrada pela coordenadora do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFCG, Priscila Maria de Castro Silva. “A gente é 75% da força de trabalho na área de saúde. Precisamos nos fortalecer bastante na luta ainda.  A enfermagem é quem carrega o hospital mesmo. Que sejamos mais valorizados e tenhamos mais possibilidades de atender os pacientes de forma equitativa”, afirmou.

Já a chefe da Divisão de Enfermagem do Hospital Universitário, Neuma Fernandes Sobreira, pontuou que, infelizmente, na hora de lutar por direitos e discutir os desafios da categoria, os profissionais da área se retraem. “Nosso líder, Homero Rodrigues, é um enfermeiro. Ele foi meu professor. A gente se sente bem mais à vontade tendo um gestor ao nosso lado. Nós somos importantes. Somos a arte do cuidar. É o outro olhar, a interação com o paciente. Sinto-me muito gratificada em estar aqui e estar à frente da Divisão de Enfermagem. Vários colegas se sentem privilegiados em fazer parte dessa casa”, falou.

APRESENTAÇÃO CULTURAL E HOMENAGEM

A programação de abertura da X Semana de Enfermagem do HUAC também contou com a apresentação do coral Coro em Canto. Com 30 anos de criação, o grupo musical da UFCG é regido há 25 anos pelo maestro Lemuel Guerra.

“Para nós do coral, essa é uma oportunidade de dizer quão importante é esse trabalho que os enfermeiros realizam, mesmo tendo ideia que fazem parte de uma equipe maior do hospital. Nessa noite, quis trazer o nosso agradecimento, nossa homenagem a cada um dos que compõem a equipe de enfermagem do HU”.

Durante o evento, a enfermeira Margareth Souza, atualmente ocupando o cargo de chefe da Unidade de Hotelaria do Hospital Universitário, foi homenageada pelos 35 anos de dedicação à enfermagem. "Se mil vidas eu tiver, em mil vidas quero ser enfermeira. Estou muito emocionada. O HU é a minha casa".

O primeiro dia do evento foi encerrado com a palestra “Satisfação com o trabalho e o impacto na qualidade da assistência prestada pela equipe de enfermagem”, ministrada pelo professor Luann Glauber Rocha Medeiros, da Universidade Estadual da Paraíba.

Angélica Lúcio - Jornalista HUAC-UFCG