Notícias Notícias

Voltar

Segurança do paciente é tema de ação educativa no Hospital Universitário Alcides Carneiro

PREVENÇÃO

Segurança do paciente é tema de ação educativa no Hospital Universitário Alcides Carneiro

A OMS definiu o dia 17 de setembro como o Dia Mundial da Segurança do Paciente

O Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC-UFCG), da Universidade Federal de Campina Grande e vinculado à Rede Ebserh, aderiu à campanha internacional, de iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), para conscientização dos profissionais e dos usuários das instituições de saúde sobre a segurança do paciente, que aconteceu nesta terça-feira (17). 

Durante todo o dia, integrantes do setor de Gestão da Qualidade e Vigilância em Saúde, através da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar e do Núcleo de Segurança do Paciente, com apoio do setor de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (Sost), visitaram as alas do hospital e, de maneira lúdica, buscaram sensibilizar profissionais de saúde, pacientes e acompanhantes sobre a meta 5 do protocolo de segurança do paciente: reduzir o risco de infecções associadas a cuidados de saúde. “A ação foi norteada não só pela relevância da correta técnica de lavagem das mãos para evitar a transmissão cruzada da infecção, mas na importância não só dos profissionais como acompanhantes e pacientes evitarem o uso de adornos nas dependências da instituição”, explicou a chefe do setor de Gestão de Qualidade e Vigilância em Saúde, Andreia Barros.

A assistência segura é, reconhecidamente, uma responsabilidade de todos: gestores, profissionais do hospital, familiares e do próprio paciente, afirmou o superintendente do HUAC, Homero Rodrigues. “Insistentemente, esse aspecto tem sido objeto das nossas discussões internas. A segurança do paciente é um compromisso do Hospital Universitário Alcides Carneiro”, assegurou.

Para Andreia Barros, o papel do paciente e do acompanhante é fundamental para se intensificar a conscientização sobre a segurança do paciente. “Para nós é importante que o paciente e o acompanhante sejam realmente protagonistas, e nos apoiem nessas ações, principalmente no combate a infecções”, explicou. 


SOBRE A CAMPANHA 

A iniciativa é da Organização Mundial de Saúde (OMS) e tem apoio no Brasil da Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp), com ampla participação dos hospitais da rede Ebserh. O objetivo é diminuir ou eliminar riscos no cuidado aos pacientes. O tema desta edição é “Speak up for Patient Safety” ou, em português, “Fale pela Segurança do Paciente”.

Esse tema tem sido alvo de inúmeras ações em todo o mundo, com destaque também na Rede Ebserh. Em 2018, por exemplo, os hospitais da rede conseguiram uma diminuição de 32% nos casos de infecção na corrente sanguínea e mais de 35% nos casos de pneumonia em pacientes graves internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

Sobre a ebserh - Desde dezembro de 2015, o HUAC-UFCG é filiado à Rede Hospitalar Ebserh. A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, contribuem para a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

 

Camila Monteiro – Jornalista HUAC-UFCG

 

Imagens: