Notícias Notícias

Voltar

Programa gerido pela Ebserh libera R$ 3,5 milhões para hospitais universitários da Paraíba

REFORÇO FINANCEIRO

Programa gerido pela Ebserh libera R$ 3,5 milhões para hospitais universitários da Paraíba

No total, foram assegurados R$ 79,5 milhões destinados para 48 hospitais universitários federais

Uma portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira (16), disponibilizou R$ 79,5 milhões para 48 hospitais universitários federais. Para os hospitais universitários da Paraíba foi liberado o total de R$ 3,54 milhões. Aos hospitais ligados à Universidade Federal de Campina Grande, foram destinados aproximadamente R$ 2 milhões, sendo R$ 1,37 milhões para o Hospital Alcides Carneiro (HUAC), em Campina Grande; e R$712 mil para o Hospital Júlio Bandeira (HUJB), em Cajazeiras. Já para o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), da Universidade Federal da Paraíba, foram liberados R$ 1,45 milhões.

Financiado pelo próprio Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério da Saúde (MS), o Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) é gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao MEC. Os recursos liberados por meio dessa portaria são do MS e destinados para o custeio das atividades diários do hospital.

Todas as liberações de verbas fazem parte de um planejamento prévio feito pela Ebserh para garantir os investimentos e manutenção dos serviços das unidades. Em 2019, cerca de R$ 305 milhões já foram repassados aos hospitais por meio do Rehuf. " Estes recursos são importantes pois buscam atender o pleno funcionamento dos hospitais universitários federais para sua reestruturação física e aperfeiçoar o que já vem sendo feito na parte de assistência, ensino e pesquisa. Desta forma, a Ebserh reforça seu compromisso de melhorar os serviços oferecidos à população, destacou o presidente da Rede Ebserh, Oswaldo Ferreira.

HULW: R$1.451.029,00

HUAC: R$ 1.378.202,00

HUJB: R$ 712.002,00

TOTAL: R$ 3.541.233

O Programa

O Rehuf destina-se à reestruturação e revitalização dos hospitais vinculados às universidades federais, incluindo as não filiadas à Ebserh. A descentralização dos recursos obedece a critérios como o porte do hospital (número de leitos), o perfil assistencial (baixa, média ou alta complexidade), entre outros. O objetivo é criar condições materiais e institucionais para que os hospitais universitários federais possam oferecer atendimento médico e hospitalar de qualidade, além de apoiar o ensino e pesquisa.

Sobre a Ebserh

Já a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

 

Camila Monteiro - Jornalista HUAC-UFCG

Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh