Hospital Universitário Antonio Pedro - HUAP-UFF

Universidade Federal Fluminense - UFF

Em Destaque:

Planejamento e Gestão Planejamento e Gestão

PDE 2016-2018 PDE 2016-2018

A proposta para construção do Plano Diretor Estratégico (PDE) 2016-2018 nasceu da oportunidade de gestores do Huap participarem do projeto de capacitação desenvolvido, coordenado e executado pelo Instituto Sírio Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP), umas das instituições mais respeitados no âmbito da saúde, com a proposta de modernizar a gestão dos hospitais universitários, em parceria com Ministério da Educação e Cultura (MEC) / Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

A realização do PDE teve como fundamento identificar as principais barreiras que impedem o desenvolvimento institucional e a partir disto elaborar propostas para solucioná-las. Tais propostas de intervenção refletem os anseios da comunidade quanto ao futuro da instituição nos tópicos eleitos como macroproblemas institucionais.

A metodologia utilizada na construção destacou-se pelo trabalho em equipe, em reuniões organizadas pelos gestores em capacitação para expor ao demais profissionais as visões dos orientadores quanto a elaboração do plano, bem como para tomada de decisão. Para a construção do PDE, as atividades dos grupos foram montadas de forma a seguir os pressupostos e as etapas do Planejamento Estratégico Situacional (PES) conforme definido por Matus (1993).

O plano ficou organizado em 4 (quatro) grandes eixos: Gestão de Pessoas; Gestão Administrativa e Assistencial; Gestão da Relação com Gestor SUS; e Gestão da Comunicação.

O Plano Estratégico construído pela comunidade definiu os seguintes Macroproblemas a serem atacados: MP1 - Insuficiência de política de gerenciamento e desenvolvimento de pessoas; MP2 – Falta de normatização e integração das atribuições das chefias e sistematização das rotinas; MP3 – Dificuldade no relacionamento do HUAP com Gestor SUS; e MP4 – Sistema de comunicação do HUAP é insuficiente.

Para solucionar tais macroproblemas foram definidos nós críticos que deveriam ser desatados. Para o desatamento dos nós críticos ações foram planejadas e desdobradas em atividades que foram executadas. 

O monitoramento do Plano Diretor Estratégico foi realizado pela Unidade de Planejamento – UPLAN, acompanhando a execução das ações, coordenando atividades e assessorando as lideranças na implementação do que foi delineado no plano a cada 3 meses.

________________________________________________________________________

DOCUMENTOS DO PDE 2016-2018

PDE 2016-2018 - Versão Final

PDE 2016-2018 - Apresentação Resumida

PDE 2016-2018 - Relatório Final de Execução