Notícia Notícia

Voltar

Evento leva conhecimento a profissionais da área

Semana de Enfermagem

Evento leva conhecimento a profissionais da área

Encontro ocorreu de 13 a 17 de maio e teve como tema central dos debates a equidade

Durante toda a semana, foram realizadas diversas atividades para atualizar e integrar os profissionais de enfermagem. Palestras, cursos, práticas integrativas, constelação familiar, cordel e homenagens. A programação fez parte da 4ª Semana de Enfermagem do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB), realizada de 13 a 17 de maio. O encontro integra a 80ª Semana Brasileira de Enfermagem (SBEn), promovida pela Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn), com o tema “Os desafios da enfermagem para uma prática com equidade”.

Na abertura oficial da semana no HUB, a superintendente Elza Noronha destacou a importância da equidade no exercício da profissão. “Temos que estar atentos para olhar para o outro em sua singularidade e saber como isso reflete na nossa prática”, afirmou. “Temos que fazer um planejamento do cuidado de acordo com as necessidades de cada paciente, dedicando um tempo maior aos que mais precisam”, completou a gerente de Atenção à Saúde, Alaíde de Castro. “Temos que trabalhar sempre a equidade dentro do hospital e construir uma enfermagem mais forte”, acrescentou o chefe da Divisão de Enfermagem, Rigeldo Lima.

Representantes da ABEn e do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-DF) também participaram da abertura. “Quando as entidades trabalham em conjunto pela profissão, saímos fortalecidos e quem ganha é o paciente”, disse a diretora de Educação da ABEn, Manuela Melo. “Temos que lutar pela autonomia e empoderamento dos profissionais de enfermagem e saber a força que temos”, garantiu o vice-presidente do Coren-DF, Tiago Pessoa.

Conhecimento
Durante a semana, foram realizados quatro minicursos sobre comunicação efetiva com portadores de necessidades especiais, suporte avançado à vida, administração de medicamentos, segurança do paciente e sistematização da assistência de enfermagem. Também fez parte da programação palestras sobre cultura regenerativa, novo código de ética, comunicação efetiva e judicialização da saúde.

Nesta sexta-feira (17), os profissionais de enfermagem participaram de uma mesa redonda com o tema SUS e equidade. A superintendente do HUB, Elza Noronha, foi uma das palestrantes. “Temos que saber como organizar o cuidado focado na pessoa e qual o papel dos profissionais para construir a autonomia dos pacientes, garantindo qualidade no cuidado e eficiência no serviço oferecido pelo HUB”, explicou Elza.

Também participaram da mesa redonda a enfermeira da Secretaria de Saúde (SES-DF) e professora da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS), Geisa Vilarins, e a professora associada do Departamento de Enfermagem da UnB, Maria da Glória Lima. “Precisamos qualificar trabalhadores na lógica da inclusão e do direito à saúde. Fazer saúde com equidade significa considerar a singularidade dos usuários”, disse Maria da Glória. “Temos que entender que ser servidor é servir à população fazendo com que ela tenha um melhor acesso à saúde, que é o que diz o conceito de equidade”, acrescentou Geisa.

Todas as atividades contaram com a participação de enfermeiros, técnicos e estudantes de enfermagem. “Essa semana é muito importante para a valorização da enfermagem, para a equipe se mobilizar e pensar em melhorias para a profissão”, afirmou a enfermeira Danuta Bonfim. “A enfermagem está sempre mudando, adquirir conhecimento e se atualizar é fundamental”, completou o técnico em enfermagem Romário Gomes.

Imagens:

Vídeo:

Assessoria de Comunicação do HUB