Notícia Notícia

Voltar

HUB cria novo fluxo para avaliação de pacientes

Triagem

HUB cria novo fluxo para avaliação de pacientes

Para evitar o risco de transmissão de Covid-19, todos são avaliados antes do atendimento

O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) mudou o fluxo de triagem de pacientes, acompanhantes e visitantes e continua mantendo a segurança e o cuidado para evitar o risco de transmissão do novo coronavírus. Antes de serem encaminhados para o atendimento que vieram buscar, eles passam pelas recepções dos prédios, onde funcionários do hospital fazem a aferição da temperatura e avaliam se apresentam algum sintoma relacionado à Covid-19, como tosse, dor de garganta e dificuldade para respirar. Se estiverem saudáveis, são encaminhados para o atendimento agendado. 

Caso apresentem algum sintoma, são direcionados para a Unidade de Pronto-Socorro (UPS). A área foi preparada com dois consultórios isolados: um para triagem e atendimento médico e outro para coleta de exame. A estrutura garante que esses pacientes não tenham contato com quem está internados na unidade.

Os pacientes sintomáticos são avaliados pela equipe de enfermagem e, se preciso, é feita a coleta de material do exame RT-PCR, que confirma o diagnóstico do novo coronavírus. Eles também são atendidos por um médico, que avalia a necessidade ou não de internação.

Se os sintomas forem leves, o paciente é liberado e orientado a manter o isolamento domiciliar por dez dias. Um profissional do hospital entrará em contato para passar o resultado do exame e outras orientações. Se houver necessidade de internação, ele é encaminhado para a enfermaria de pacientes com síndrome respiratória, na própria UPS.

Funcionários
A Unidade de Pronto-Socorro também recebe profissionais do HUB com sintomas de Covid-19. O encaminhamento e atendimento são os mesmos previstos para pacientes sintomáticos.

Assessoria de Comunicação do HUB