Notícia Notícia

Voltar

HUB recebe estudantes cadastrados em programa

Ministério da Saúde

HUB recebe estudantes cadastrados em programa

Alunos do último ano dos cursos de enfermagem e farmácia atuam como estagiários no hospital

Eles optaram por vestir o jaleco e apoiar a equipe do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) durante a pandemia do novo coronavírus. Ainda não concluíram o curso de graduação, mas atuam como estagiários, aprendendo e contribuindo no atendimento de pacientes em diversas áreas da instituição. O reforço foi possível com a criação do programa “O Brasil Conta Comigo”, do Ministério da Saúde. O HUB é o único hospital do Distrito Federal com estudantes atuando pelo projeto.

Nessa terça-feira (2), representantes do ministério vieram ao HUB para ver de perto a rotina desses alunos. “A presença deles representa um apoio muito grande no cuidado com os pacientes e é uma oportunidade de aprendizado enorme, por eles estarem em um hospital universitário nesse momento tão delicado”, explica a chefe da Unidade de Graduação e Cursos Técnicos do HUB, Fernanda da Rosa. 

Atuação no HUB
Desde o início de maio, o HUB convocou 12 alunos, sendo seis de enfermagem e seis de farmácia. “Está sendo um momento de grande aprendizado, só tenho a agradecer. Atuar nessa pandemia é uma forma de assumir a responsabilidade de ser profissional de saúde”, conta a estudante do último semestre de Farmácia da Universidade de Brasília (UnB) Thaís Michel. Ela e outros quatro estagiários estão atuando na Farmácia Escola do HUB, contribuindo com a distribuição e armazenamento de medicamentos, orientações aos pacientes e manipulação de insumos para produção e fracionamento de álcool gel e álcool líquido 70%.

Izabella Pereira está no último ano do curso de Enfermagem da Universidade Católica de Brasília e está na equipe da UTI adulto do HUB pelo programa. O setor recebe pacientes em estado crítico por outras doenças, não relacionadas à Covid-19. “Estou aprendendo muito, é uma oportunidade única estar aqui. É um momento em que vemos o real valor da equipe de saúde”, diz Izabella.

O HUB também conta com nove supervisores, sendo seis de enfermagem e três de farmácia. São profissionais da instituição responsáveis por acompanhar e orientar os estudantes do programa. “É muito gratificante poder contribuir para a formação desses estudantes em um momento tão delicado para o nosso país e para a saúde da população”, afirma a supervisora de Farmácia Lorena Malaquias. “Eles vieram com muita vontade de aprender e contribuir com a equipe”, completa a supervisora de Enfermagem Kamilla Nunes.

O programa
O Brasil Conta Comigo foi criado no início de abril para auxiliar os gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento à Covid-19 e, além de estudantes, cadastra profissionais e residentes da área da saúde. No Distrito Federal, há 3.880 alunos cadastrados e, em todo o país, são 107.811. Desse total, 2.248 já foram convocados. Podem participar do programa alunos dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia matriculados em instituições de ensino superior, públicas ou privadas, que integram o sistema federal de ensino. 

Os estudantes recrutados que estão no 5º e 6º ano do curso de medicina ou no último ano dos outros cursos recebem uma bolsa no valor de um salário mínimo, para estágios de 40 horas semanais, e meio salário mínimo, para carga horária de 20 horas. Eles também terão direito a 10% de pontuação no ingresso em programa de residência do Ministério da Saúde, no prazo de dois anos, além de certificado de participação. Estudantes dos outros anos também podem se cadastrar. Nesses casos, poderão obter desconto na mensalidade de instituições de ensino superior privadas. Saiba mais sobre o programa

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB