Notícia Notícia

Voltar

Serviço do HUB completa 30 anos

Álcool e outras drogas

Serviço do HUB completa 30 anos

Comemoração virtual reuniu profissionais atuais, quem já deixou a equipe e pacientes

Três décadas de muito trabalho, sempre feito por uma equipe multidisciplinar. Nos últimos trinta anos, profissionais do Serviço de Estudos e Atenção à Usuários de Álcool e Outras Drogas (Sead) do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) se dedicaram para conseguir resgatar pacientes da dependência e recuperar o convívio social e familiar.

“São 30 anos de dedicação para prestar atendimento a uma população que ainda sofre com o preconceito. Me sinto gratificada em contribuir para criar uma visão mais humana sobre a necessidade de saúde desses pacientes”, afirma a coordenadora do Sead, Cláudia Merçon, que ajudou a elaborar o projeto de criação do serviço.

O Sead foi criado em novembro de 1990. Para comemorar os trinta anos de funcionamento, a equipe preparou um encontro virtual nessa quarta-feira (18), que reuniu profissionais atuais, quem já passou pelo serviço e pacientes. Quem não conseguiu participar no dia, deixou uma mensagem gravada em vídeo. “Ajudar essas pessoas a vencer um estigma é de fundamental importância. É muito gratificante conseguir dar esse retorno para que elas possam resgatar a vida delas”, garante a psiquiatra do Sead, Maria Célia Vitor.

O auxiliar de serviços gerais Luiz Antônio dos Santos, de 52 anos, é paciente do Sead há um ano. No início da pandemia de Covid-19, ele manteve o tratamento por meio de consultas virtuais e contou com a ajuda do vizinho para acessar a plataforma digital.  “A dedicação dos profissionais é enorme. Esse tratamento mudou a minha vida e me ajudou a recuperar o respeito das pessoas”, conta Luiz Antônio, que participou da comemoração dos 30 anos do serviço.

Sead
O Serviço de Estudos e Atenção a Usuários de Álcool e Outras Drogas é formado por uma equipe interdisciplinar composta por assistentes sociais, psicólogos, enfermeiros e psiquiatras. O setor também conta com estagiários e residentes, o que proporciona, além da assistência, um espaço para o ensino. 

O atendimento é personalizado. O paciente passa por uma entrevista e a equipe define o plano de tratamento de acordo com o nível de comprometimento de cada paciente. O serviço também oferece grupos de apoio, inclusive com familiares. Para mais informações sobre o Sead, ligue para 2028-5430.

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB