Notícias Notícias

Voltar

HUB realiza transplante com equipe feminina

Inédito

HUB realiza transplante com equipe feminina

Chefe do grupo que participou da cirurgia foi a primeira urologista mulher do Distrito Federal

Um transplante realizado exclusivamente por mulheres. E de uma especialidade normalmente dominada por homens: a urologia. Nessa terça-feira (2), o Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) fez dois transplantes renais simultaneamente, outro fato inédito. Uma das equipes foi formada por cinco mulheres e a chefe do grupo foi a primeira urologista de Brasília, Lívia Portela, que concluiu a residência no HUB em 2011. “Comemoramos por ter uma equipe totalmente feminina, já que não é uma especialidade que as mulheres costumam escolher”, afirma Lívia. 

Rhaniellen Ferreira também optou pela urologia. Ela está no segundo ano de residência e fez parte da equipe que realizou o transplante. “Conseguimos oferecer a melhor assistência possível ao paciente e ter essa vivência em transplante é fundamental para a minha formação”, garante ela.

Transplantes simultâneos
O HUB recebeu dois rins de um mesmo doador falecido. A preparação teve que ser rápida. Duas equipes completas, duas salas de cirurgia e dois pacientes que aguardavam por um novo órgão. Tudo ao mesmo tempo. Foi a primeira vez que o hospital realizou dois transplantes renais simultaneamente. “Foi uma mobilização muito grande do hospital e da equipe. Quanto mais rápido o transplante for realizado, melhor o resultado para o paciente”, explica o chefe da Unidade de Transplante do HUB, Rômulo Maroccolo.

O eletricista Nelson Soares, de 48 anos, foi operado pela equipe feminina. Ele passou os últimos dois anos fazendo hemodiálise durante quatro horas, três vezes por semana, e garante que vai ter uma vida nova. “Eu ficava totalmente parado. Agora espero ter uma vida muito melhor e mais tranquila”, conta ele.

Transplante no HUB
A Unidade de Transplante do HUB foi inaugurada em 2006 com o transplante renal. Ao todo, já foram feitas 303 cirurgias, sendo 24 em 2018 e oito este ano. Em 2008, o hospital passou a realizar também o transplante de córnea e já fez 718 procedimentos. Foram 44 em 2018 e 39 nos primeiros seis meses deste ano.

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB