Notícias Notícias

Voltar

HUB recebe visita do novo presidente da Ebserh

Gestão

HUB recebe visita do novo presidente da Ebserh

Oswaldo Ferreira conheceu as instalações e os serviços do Hospital Universitário de Brasília

O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) foi o primeiro da rede Ebserh a receber a visita do novo presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, Oswaldo Ferreira, e do novo diretor vice-presidente executivo, Eduardo Chaves Vieira. O encontro, que ocorreu no último dia 24, marcou o início da aproximação entre a Equipe de Governança do HUB e a nova gestão da empresa.

“Estamos aqui para conhecer o hospital e ajudar. Temos que estar próximos e fazer do HUB um laboratório da Ebserh, com o objetivo de tornar a empresa cada dia melhor para atender a dupla função dos hospitais, a assistência e a formação. Se estivermos juntos, podemos chegar bem mais adiante”, afirmou o presidente. 

A superintendente do HUB, Elza Noronha, apresentou o histórico e as características do hospital, que hoje realiza aproximadamente 180 mil consultas ambulatoriais e mais de 1 milhão de exames por ano, além de ser campo de prática para cursos de graduação e pós-graduação. De acordo com ela, o HUB passou por vários avanços desde a assinatura do contrato de gestão com a Ebserh, em 2013, como a renovação do parque tecnológico, a regularização da força de trabalho e a continuidade no fornecimento de insumos.

“Trocamos experiências e expectativas com a nova gestão e pudemos mostrar como a Ebserh tem contribuído para a melhoria do HUB. Estamos trabalhando no mesmo caminho para construir a rede Ebserh e torná-la referência na formação profissional e no cuidado humanizado”, disse Elza. 

Também participaram da visita o ex-presidente, Kléber Morais, e o ex-diretor vice-presidente executivo, Arnaldo Correia de Medeiros. “Estou deixando a gestão com tranquilidade. O general Oswaldo é extremamente preparado, tem grande experiência administrativa e tem a visão da importância dos hospitais universitários”, relatou kléber.

Para conhecer melhor o HUB, a comitiva caminhou por algumas áreas, como a Unidade de Oncologia (Unacon), que conta hoje com dois aceleradores lineares para radioterapia, e o Serviço de Simulação Realística, formado por nove laboratórios e 30 simuladores.

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB