Notícias Notícias

Voltar

Conheça a Carta de Direitos dos Usuários do HUB

Serviço

Conheça a Carta de Direitos dos Usuários do HUB

Documento traz orientações sobre atendimento, direitos, deveres e responsabilidades

Tudo que você precisa saber sobre os seus direitos como paciente do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) está em um único documento: a Carta de Direitos dos Usuários do HUB. Um guia prático e curto que oferece informações essenciais sobre o funcionamento e os valores do hospital nos serviços prestados à população. Acesse o documento

A carta foi elaborada pela Comissão de Humanização do HUB e validada por usuários do hospital. “No início do atendimento, o profissional vai apresentar a cartilha ao paciente para garantir que ele de fato tenha conhecimento dos seus direitos”, explica a presidente da comissão, Silvia Furtado.

Com linguagem simples e direta, o texto traz de forma clara todas as orientações sobre atendimento de qualidade, tratamento humanizado, direitos e deveres dos pacientes e responsabilidades dos acompanhantes, visitantes, profissionais, estudantes e professores que exercem atividades no HUB. 

“A carta tem como objetivo melhorar o nosso serviço.  O nosso usuário é a peça chave para isso e ele precisa conhecer o serviço, saber como funciona, o que tem de direito e o que tem de dever”, afirma a chefe da Unidade de Reabilitação do HUB e integrante da Comissão de Humanização, Patrícia Monteiro.

A comerciante Mariza Barbosa, de 44 anos, é paciente do HUB há 4 anos e gostou da novidade. “É uma iniciativa muito boa, porque nem sempre sabemos quais os nossos direitos. Acho que conhecer os deveres de cada um também é importante e vai favorecer o convívio entre todos”, afirma Mariza.

Diretrizes
A Carta de Direitos do HUB atende a Política Nacional de Humanização do Sistema Único de Saúde (HumanizaSUS), lançada pelo Ministério da Saúde em 2003 com o objetivo de humanizar os serviços de saúde, produzindo mudanças nos modos de gerir e cuidar.  A cartilha também segue as recomendações da Diretriz Ebserh de Humanização, publicada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) em 2018 para padronizar as atividades de humanização nos hospitais da rede. 

Pandemia
As regras citadas na carta sobre a presença de acompanhantes em consultas e internação e visitas a pacientes internados podem sofrer alterações durante o período da pandemia. Para saber o que está permitido, procure o serviço em que será atendido.

Assessoria de Comunicação do HUB