Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Conferência abre 19ª Jornada Científica

Participe

Conferência abre 19ª Jornada Científica

Evento virtual gratuito segue até dia 27 de novembro e está com inscrições abertas nas palestras

O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) abriu oficialmente a 19ª Jornada Científica na noite de segunda-feira (23) com a conferência “Experiência na condução de ensaios clínicos: o desafio do processo de pesquisa, conciliando expectativas e realidades”. O evento foi traduzido simultaneamente para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) por uma intérprete voluntária.

Os 70 participantes no encontro virtual assistiram à apresentação do diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília (UnB), Gustavo Romero, que é coordenador em Brasília da pesquisa que testa a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

Nascido na Guatemala, Gustavo compartilhou em tom bastante pessoal um pouco de sua história profissional e de vida. Por meio de fotos, relatou experiências com as doenças infecciosas no exterior e no Brasil, mostrando os bastidores de estudos, a exemplo da vacina contra dengue e outros, realizados no interior de Goiás, Brasília (DF), Manaus (AM) e Salvador (BA). 

“Quem gosta de pesquisa clínica geralmente tem o perfil de gostar de estudar, aprender, estudar e aprender, mas precisa de um pouco de sorte de cruzar no caminho com pessoas que acabam nos ajudando a rever conceitos e a melhorar”, disse Gustavo, referindo-se a pesquisadores que o incentivaram nessa jornada.

De acordo com ele, motivação é algo essencial para se fazer pesquisa clínica e, para isso, deve ser considerada a raiz do problema, que muitas vezes pode ser social, como a pobreza. “Precisamos entender que somos capazes de desenvolver grandes soluções desde que nos proponhamos a resolver grandes problemas. O povo quer soluções de boa qualidade e que resolvam de fato o problema que está sendo considerado”, argumentou Gustavo.

O professor e pesquisador encerrou a conferência com uma homenagem a José Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, que foi morto em um supermercado de Porto Alegre (RS) no dia 19 de novembro, véspera do Dia da Consciência Negra. “Foi uma apresentação emocionante”, declarou o chefe do Setor de Gestão da Pesquisa e Inovação Tecnológica do HUB, Fernando Araujo, que mediou a conferência de abertura. “A qualidade dos estudos tem relação com o conhecimento que as pessoas têm sobre o rigor metodológico de pesquisa clínica, e a jornada propicia isso. Vamos construir uma equipe cada vez mais forte e motivada para nos destacarmos no cenário nacional e internacional”, complementou Fernando.

Cerimônia de abertura
Antes da conferência, o HUB realizou uma solenidade de abertura com a participação virtual de representantes de instituições parcerias do hospital. Eles abordaram o tema da jornada: Pesquisa, inovação e assistência à saúde em tempos de pandemia. “Apesar de vivermos um ano extremamente difícil, tivemos a oportunidade de colaborar com a construção de políticas e o cuidado imediato às pessoas, promovendo um ambiente de pesquisas”, afirmou a superintendente, Elza Noronha.

A superintendente citou o investimento em equipamentos e infraestrutura pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) como um dos motivos para que essa mobilização rápida dos serviços fosse possível. “Os hospitais universitários representam a síntese da educação e da saúde. Esperamos cada vez mais que ensino e pesquisa sejam engrandecidos, tendo o protagonismo na formação dos profissionais de saúde”, declarou o diretor Vice-presidente Executivo da Ebserh, Eduardo Vieira.

A decana de Pesquisa e Inovação da UnB, Cláudia Amorim, reforçou a importância da criação do Comitê Gestor do Plano de Contingência em Saúde da Covid-19 da universidade (COES) para estruturar ações durante a pandemia. “São meses atípicos, mas muito ativos, pois temos o feliz papel de conseguir encontrar soluções. Este evento representa o significado que um hospital universitário tem neste momento”, afirmou Cláudia.

Já o secretário-adjunto de Assistência à Saúde da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), Petrus Sanchez, aproveitou o momento para homenagear aqueles que atuam no cuidado aos pacientes com Covid-19. “O empenho de todos os profissionais foi brilhante, e o número alto de pesquisas reflete a vocação do HUB em pesquisas. A gente percebe o quanto essa instituição querida vai se tornando grandiosa e dando resposta à população em um momento ímpar”, relatou.

Programação e apresentação de trabalhos

As inscrições para as palestras continuam abertas pelo site do evento e vão até o dia 27 de novembro, quando finaliza a jornada. São quatro atividades por dia, nos turnos da manhã e tarde, com a presença de 54 palestrantes. Os mais de 100 trabalhos aprovados estarão disponíveis ao longo da semana pelo canal do Youtube do HUB. 

 

SERVIÇO
19ª Jornada Científica do HUB
Data: 23 a 27 de novembro 
Programação: www.even3.com.br/19jornadacientificadohub
Informações: (61) 2028-5583 ou jornada.hub@ebserh.gov.br 

 

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB