Hospital Universitário de Brasília - HUB

Universidade de Brasília - UNB

Especialidades Especialidades

Programas, Projetos e Ações Programas, Projetos e Ações

Serviço de Estudos e Atenção a Usuários de Álcool e Outras Drogas

Serviço de Estudos e Atenção a Usuários de Álcool e Outras Drogas 

O Serviço de Estudos e Atenção a Usuários de Álcool e Outras Drogas (SEAD) do Hospital Universitário de Brasília foi criado em novembro de 1990. Aatualmente trabalha com questões relacionadas ao consumo abusivo e à dependência do álcool e outras substâncias psicoativas. Para tanto, adota a estratégia de redução de danos a partir do reconhecimento de cada usuário em sua singularidade. Tal compreensão permite ampliar o acesso, o acolhimento e a vinculação aos serviços de saúde diversificando as possibilidades de enfrentar da dependência de álcool e outras substâncias.

OBJETIVOS

  • Colaborar no desenvolvimento de estratégias que beneficiem a população no enfrentamento das questões relacionadas ao uso, abuso e dependência do álcool e outras substâncias psicoativas;

  • Buscar a melhoria da qualidade de vida do usuário e/ou dependente e de seus familiares;

  • Sensibilizar a comunidade quanto aos problemas relacionados ao uso e abuso de bebida alcoólica e de outras drogas;

  • Contribuir na capacitação técnica de estudantes e profissionais.

PÚBLICO ALVO

  • Pessoas que apresentam problemas de consumo de álcool e/ou outras drogas e seus familiares;

  • Pessoas com interesse em obter informações sobre o álcool e outras drogas;

  • Pessoas cujo trabalho demande formação e/ou orientação sobre a complexidade do fenômeno;

  • Professores e alunos cujo conteúdo curricular exija a abordagem do tema.

FORMAS DE ENCAMINHAMENTO

  • Unidades do HUB;

  • Instituições de saúde de Brasília e entorno,

  • Órgãos do Poder Judiciário;

  • Instituições públicas e privadas;

  • Procura espontânea de pacientes e/ou familiares.

ATIVIDADES

Acolhimento

Trata-se de um espaço de escuta que possibilita a vinculação com uma instituição de saúde e permite ao paciente e/ou sua família formular o desejo de se tratar, repensar o estilo de vida e a relação com as substâncias psicoativas. O acolhimento proporciona ainda o estabelecimento do diagnóstico da situação; a identificação dos fatores de risco e dos fatores de proteção pessoal e familiar; a obtenção de informações sobre as características da instituição; o mapeamento da rede familiar e social; e a definição da elegibilidade e das condições para a concretização do projeto terapêutico.
 
Psicoterapia

Visa proporcionar um espaço de escuta que possibilita a transformação de sintomas e do sofrimento psíquico em posturas criativas diante da vida; desenvolver o crescimento pessoal e promover a tomada de consciência; facilitar as reflexões a respeito do estilo de vida. Pode ser individual ou em grupo.

Avaliação e Acompanhamento - Psiquiatria

A indicação do atendimento psiquiátrico pode ser feita pela psicologia, pelo médico clínico ou pelo assistente social. Seu objetivo é detectar e tratar patologias psiquiátricas que atuam como elementos causadores ou desencadeadores do uso, abuso ou dependência, ou ainda detectar quadros psicopatológicos decorrentes da dependência de substâncias psicoativas, incluindo o tratamento de casos de síndrome de abstinência leve ou moderada.

Avaliação e Acompanhamento - Clínica Médica 

Realizada com todos os pacientes em tratamento, compõe-se de anamnese completa (história clínica e exame físico) e exames laboratoriais de rotina. A partir da avaliação clínica podem ser feitos encaminhamentos para outros especialistas e para exames específicos. O paciente permanece em acompanhamento no mínimo por três meses e, se não apresentar mais queixas, alterações no exame físico ou laboratorial, recebe alta do atendimento médico.

Sensibilização e acompanhamento durante internação hospitalar 

O atendimento é feito a familiares e pacientes que tenham comprometimento devido ao uso do álcool e outras drogas enquanto se encontram internados no SPA ou em uma das enfermarias do HUB. O objetivo desta intervenção é sensibilizar o paciente e seus familiares sobre sua problemática e mobilizar para os cuidados com a saúde, assim como para a necessidade e possibilidade de tratamento ambulatorial.

Atendimento familiar

 Procura-se estimular o familiar a manifestar o desejo de tratar as questões que dizem respeito à dinâmica das relações familiares e, principalmente, auxiliar a família a desenvolver a sua autonomia e encorajá-la nas suas competências. Além do acompanhamento individual, realiza-se grupos de familiares, intervenção esta indicada quando a troca de experiências torna-se elemento importante na busca de alternativas. Tratam-se de momentos de escuta com o objetivo de atenuar as tensões por meio de apoio, orientações, esclarecimentos, expressão de sentimentos e discussão de estratégias de enfrentamento.

Ateliê de Convivência 

Espaço destinado a pacientes cujas dificuldades cognitivas comprometem a capacidade elaborativa; a capacidade de ir e vir; e a inserção no trabalho e na família. Tem como estratégia de intervenção atividades que permitam a expressão de vivências do cotidiano, sentimentos e o desenvolvimento da auto-estima. O trabalho é organizado sob a forma de oficinas para a realização de trabalhos manuais e ações educativas e de socialização.

Projetos

  • Intervenção educativa junto a jurisdicionados encaminhados pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

  • A saúde integral de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de semiliberdade: fortalecimento e avaliação das ações intersetoriais no Distrito Federal.

Reuniões clínicas

A equipe promove reuniões semanais de apresentação e discussão de caso para melhor compreender, intervir e acompanhar o projeto terapêutico destinado aos pacientes e seus familiares.

Grupo de estudos

Concretiza-se a partir de reuniões cuja periodicidade e temática é definida em função da demanda formulada pela equipe para sua atualização clínica.

Ações educativas

O Serviço estende sua atuação à comunidade externa ao articular-se com a rede social existente, prestando assessoria, oferecendo palestras, treinamentos, oficinas e cursos, além de participar em eventos científicos e colaborar em outros serviços da comunidade. 

Estágio Curricular e Residência Multiprofissional

O Serviço destaca-se como campo de estágio supervisionado de graduação, assim como de capacitação e aperfeiçoamento da prática profissional.

Estágio Profissional 

Refere-se a um estágio de pós-graduação que deve ser solicitada na Diretoria de Ensino e Pesquisa (DAEP) do HUB, com a intenção de aperfeiçoamento da prática clínica. O estágio é supervisionado por profissionais da equipe.


Programa de Diabetes

Programa de Diabetes

Coordenador do Programa: Dra Angélica Amorim
Telefone: 2028-5255

 


Programa de Controle da Tuberculose

Programa de Controle da Tuberculose

Através de um conjunto de ações integradas desenvolvidas por uma equipe multi/interdisciplinar, objetivando modificar a situação epidemiológica, pela redução da morbi/mortalidade, visando colocar a doença sobre controle. O atendimento é feito de segunda à sexta-feira, no ambulatório da Saúde Coletiva, pela manhã e à tarde.

As ações são desenvolvidas pela procura de casos (busca ativa e demanda espontânea), consultas médicas, diagnósticos, tratamento e educação para saúde. As reuniões com pacientes e familiares são realizados por profissionais de enfermagem e Serviço Social, todas as segundas-feiras à tarde, com vistas a desenvolver ações educativas.

Responsável: Enfermeiro Josenaldo Lins de Oliveira

Telefone: 2028-5595


Núcleo de aleitamento Materno e Banco de Leite do HUB

Núcleo de Incentivo ao Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano

 

O Núcleo de Incentivo ao Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano (Niam/BLH) do HUB desenvolve ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, e realiza atividades de coleta, seleção, classificação, processamento, controle de qualidade e distribuição de leite humano para recém-nascidos criticamente doentes e internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) do hospital. 
 
Atividades desenvolvidas pelo Niam/BLH:

• Reunião do pré-natal para gestantes do HUB (todas as quartas-feiras, de 9h às 11h): roda de conversa que visa preparar a gestante para a amamentação. Nos encontros, a equipe aborda as vantagens da prática para mãe e sua família, com destaque para os aspectos nutritivos, psicoafetivos, imunológicos e econômicos; importância do contato pele a pele; produção do leite materno, pega e posição; extração manual, conservação do leite ordenhado e doação; sinais de fome do bebê; risco de uso de fórmulas infantis, mamadeiras e chupetas; manutenção do aleitamento materno exclusivo em regime de livre demanda até os seis meses e complementado até os dois anos de idade ou mais; intercorrências na amamentação; riscos e contraindicações do aleitamento materno cruzado; e legislação que protege a amamentação. 
 
• Alojamento conjunto e mães nutrizes: orientações de autocuidado com a mama puerperal, pega, posição e sucção ao seio materno; orientação e supervisão da técnica de extração, coleta e armazenamento do leite materno extraído cru para os bebês internados na Utin; sensibilização quanto à doação de leite humano. 
 
• Atendimento a nutrizes externas (segunda a sexta-feira, de 8h às 12h e de 14h às 18h): atendimento e acolhimento multidisciplinar para a promoção, proteção, apoio ao aleitamento materno e captação de possíveis doadoras. 
 
Médica do Niam/BLH: Rita de Fátima Pinto
Enfermeira responsável pelo Niam/BLH: Tatiana Tâmara Barbosa Maciel                                             

Projeto Com-Vivência

Projeto Com-Vivência

Projeto de extensão da UnB, instalado no HUB, prestando serviços assistenciais, psicossociais no ambulatório e enfermarias do hospital.

Seu atendimento psicossocial e a realização de atividades educativas para a formação e prevenção, são disponibilizados por meio de plantões de alunos de graduação (estágio curricular), pós graduação e de profissionais voluntários, em escalas construídas conforme necessidade das demandas.

O acesso ao atendimento está disponível para pacientes em acompanhamento médico no HUB e outras unidades da rede Pública e Privada do DF.

Professores responsáveis pela coordenação do projeto – Mário Ângelo Silva e Elaine Seidl.

Telefone: 2028-5416


Programas, projetos e ações

Painéis de Monitoramento

Conheça o Painel de Indicadores do Modelo de Gestão da Atenção Hospitalar – MGAH

Passo a passo para acesso:

1. Acessar Painéis de Monitoramento da EBSERH

2. Clicar em MGAH ou acessar o link:

https://app.powerbi.com/view?r=eyJrIjoiMWYzNjMyYzktZGIwMC00MzViLTg0YzEtZjg0Y2U2NThhNDU3IiwidCI6IjY0ZDM0ZGRkLWFmZjAtNGQ5NS1iN2YxLTA3MzRhNWM4NDVlNSJ9

3. Utilizar a barra superior de filtros para adicionar: Hospital (utilizar HU-UFPI), período (ano-trimestre ou mês-ano) e demais filtros desejados.

4. Este painel apresenta informações sobre a Gestão da Atenção Hospitalar (Taxa de Ocupação Hospitalar; Tempo Médio de Permanência Hospitalar, Clínica e Cirúrgica; e Giro de Leito); Produção Assistencial (Consulta, Cirurgias e Exames de Imagens); Qualidade (taxa de Mortalidade Institucional; Densidade de Incidência de Pneumonia, de Infecção do Trato Urinário e de Infecção Primária de Corrente Sanguínea)

 

Conheça o Painel de Internações Hospitalares

Passo a passo para acesso:

1. Acessar Painéis de Monitoramento da EBSERH. 

2. Clicar em SELECIONE UMA UNIDADE DA REDE EBSERH e escolher o HU-UFPI

3. Utilizar a barra superior de filtros para adicionar: Clínica, Unidade Funcional, Especialidade e período (mês-ano).

4. Este painel apresenta informações sobre quantidade de Internações Hospitalares por Mês/Ano; Top 10 – Internações por CID de Entrada; Variação de Internações e em relação a anos anteriores; Internações por característica (Eletiva ou Urgência); Saída por motivo (administrativa, desistência do tratamento, evasão, óbito e transferência para outro hospital) e por Unidade Funcional; quantidade de transferências e de óbito; taxa de mortalidade; Permanência por Tempo Médio e por Unidade Funcional; entre outros.

Responsável:

Setor de Regulação e Avaliação em Saúde
E-mail: seras.huufpi@ebserh.gov.br
Fone: (61) 2028.5278

 

Conheça o Painel de Indicadores da Hotelaria

Passo a passo para acesso:

1. Acessar Painéis de Monitoramento da EBSERH

2. Clicar em Indicadores da Hotelaria ou acessar o link:

https://app.powerbi.com/view?r=eyJrIjoiNjk2ZmZkZTEtYzM0YS00ZTA1LWJkM2EtZjhkMmQzNTQ3MzkwIiwidCI6IjY0ZDM0ZGRkLWFmZjAtNGQ5NS1iN2YxLTA3MzRhNWM4NDVlNSJ9

3. Utilizar a barra superior de filtros para adicionar: Hospital (utilizar HU-UFPI), período (mês-ano) e demais filtros desejados.

4. Este painel apresenta informações sobre a Gestão de Enxoval; Higienização; Resíduos; Gestão de Dietas Enterais e Fórmulas; Produção e Distribuição de Refeições; e Transporte de Ambulância.

Responsável:

Setor de Hotelaria Hospitalar
E-mail: shh.huufpi@ebserh.gov.br
Fone: (61) 2028.5254

 

Conheça o Painel de Informações Orçamentárias e Financeiras

Passo a passo para acesso:

1. Acessar Painéis de Monitoramento da EBSERH. 

2. Clicar em Informações Orçamentárias e Financeiras ou acessar o link:

https://app.powerbi.com/view?r=eyJrIjoiY2U1NTEyOTUtM2I1ZC00OWI2LWE3MDMtMmQ0YzViMGQ5MDk3IiwidCI6IjY0ZDM0ZGRkLWFmZjAtNGQ5NS1iN2YxLTA3MzRhNWM4NDVlNSJ9

 

3. Utilizar a barra lateral esquerda de filtros para adicionar o Hospital (utilizar HU-UFPI).


4. Este painel apresenta informações sobre o Panorama da Rede (Séries Históricas; Orçamentário; Pessoal; e Indicadores e Eficiência do Gasto); Planejamento Orçamentário; Emendas Parlamentares; Indicadores de Execução (Indicador de Financiamento e Execução do Custeio); Execução (Transição de Unidade Gestora; Execução de Despesa; Liberação Financeira; COVID-19; Cartão de Pagamento do Governo Federal); Custeio dos Hospitais (Serviços com Terceirização por CNPJ, Unidade Relativa de Produção, Leitos Ativos e Receita da Produção SUS); Controle da Receita SUS; Restos a Pagar; Passivo ( Despesas de Exercícios Anteriores; e Passivo sem Cobertura Orçamentária); e Acompanhamento de Relatório de Cumprimento do Objeto.


Responsável:
Setor de Orçamento e Finanças
E-mail sof.huufpi@ebserh.gov.br
Fone: (61) 2028.5459