Ações e Programas Ações e Programas

AÇÕES E PROGRAMAS

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO CASSIANO MORAES

Publicado: -/04/2020 -h, última modificação: 27/0/2020 16H35

 

Nesta seção, são divulgadas informações  pertinentes aos programas, ações, projetos e atividades implementadas  no Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes.

 

 

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO CASSIANO MORAES

Publicado: 25/05/2020   -   última modificação: 27/05/2020 16h35

 

PROGRAMA DE IMPLANTE COCLEAR

 

O programa Implante Coclear UFES/HUCAM é voltado à pessoa com deficiência auditiva, em especial às que necessitam da cirurgia de implante coclear e prótese auditiva ancorada no osso. (Saiba mais) - 

 

UNIDADE RESPONSÁVEL: GERÊNCIA DE ATENÇÃO À SAÚDE

AREA TÉCNICA RESPONSÁVEL: DRA. CARMEM BARREIRA NIELSEN E DR. HENRIQUE FARIA RAMOS

 

PRINCIPAIS METAS: Atendimento de 12 casos novos/mês; 2 cirurgias ao mês/acompanhamento de pacientes pós cirúrgicos/ manutenção e/ou substituição de acessórios. 

 

 

INDICADORES DE RESULTADO E IMPACTO: Programa com alinhamento e treinamento realizados para os serviços de saude auditiva  no ES para regulação. Não temos fila de espera. Todos os pacientes que tem indicação para avaliação no HUCAM são atendidos diretamente agendados pela UVV e CREFES pelo SISREG.

Para o Estado do ES- impacto financeiro de não precisarem encaminhar pacientes por TFD para outros estados; Oferta treinamentos para reabilitadores/ fonoaudiólogos da rede SUS

Para Pacientes: oferta de reabilitação auditiva integral ao paciente, minimizando os efeitos da privação sensorial.

 

A surdez neurossensorial severa a profunda apresenta grande impacto na aquisição e desenvolvimento da linguagem verbal oral, comprometendo o desempenho linguístico e escolar das crianças portadoras deste tipo e grau(s) de surdez. O implante coclear é um elemento facilitador do desenvolvimento da linguagem em crianças com surdez neurossensorial severa a profunda congênita, nas quais é limitado o benefício  com aparelhos auditivos  O implante coclear quando realizado antes dos três anos de idade, permite que a criança esteja exposta aos sons durante o período crítico para desenvolvimento da audição, de fala e linguagem.  A comunicação é  importante para os relacionamentos interpessoais e na qualidade das interações sociais diárias. A deficiência auditiva  interfere na comunicação e na aquisição e desenvolvimento da linguagem, trazendo ônus ao bem-estar geral do indivíduo, à família e à sociedade. No caso de adultos o implante coclear, não apenas melhora o aproveitamento auditivo, mas origina também inúmeras mudanças positivas para a inserção social e à qualidade de vida geral dos usuários.

 

PRINCIPAIS RESULTADOS:   Acesso a cirurgia de implante coclear e próteses auditivas ancoradas ao osso e acompanhamento destes pacientes no estado; Manutenção para casos operados em outros estados, sem assistência ( perda do planos de saúde)  e judicializados.

 

INDICADORES:

ANO 2019

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO CASSIANO MORAES

Publicado: 25/05/2020   -   última modificação: 27/05/2020 16h56.

 

PROGRAMA NACIONAL DE SEGURANÇA DO PACIENTE

 

UNIDADE RESPONSÁVEL: Rosemeire Andreatta – Matrícula Siape nº 2121460 - Coordenadora Chefe do Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente.

 

PRINCIPAIS METAS:

As metas são estabelecidas por meio do monitoramento mensal dos Protocolos Básicos de Segurança do Paciente implementados:

  • Protocolo de Identificação do Paciente - Pulseira
  • Protocolo de Prevenção de Úlcera por Pressão
  • Protocolo de Higienização das mãos
  • Protocolo de Prevenção de Quedas

 

INDICADORES DE RESULTADO E IMPACTO

Os indicadores são calculados com base no do monitoramento mensal dos Protocolos Básicos de Segurança do Paciente implementados:

  • Protocolo de Identificação do Paciente - Pulseira

Taxa de adequação na identificação dos pacientes:

Fórmula de cálculo: Nº de pacientes identificados com pulseira adequadamente / Nº de pacientes avaliados no período x 100.

O método para obtenção de dados tem amostra recalculada para obtenção de Nível de Confiança de 95%. Não será observado identificação em dia específico e sim durante todos os dias do mês corrente.

 

  1. Protocolo de Prevenção de Úlcera por Pressão
  2. Incidência de Úlcera por pressão:

             Fórmula de cálculo: Nº de UPP / Nº de pacientes expostos com risco no período x 100

     Obs.: Conforme discussão e pactuação, alterado denominador de Nº de pacientes/dia expostos com risco no período PARA Nº de pacientes expostos com risco no período.

  • Protocolo de Higienização das mãos

            Consumo de álcool gel UTI:

            Consumo de álcool gel UTIN:

          Fórmula de cálculo: Consumo de preparação alcoólica líquida ou gel (ml) na

          unidade no período / Nº de paciente - dia na unidade no período

          Consumo de sabonete líquido UTI:  

            Consumo de sabonete líquido UTIN:

            Fórmula de cálculo: Consumo de sabonete líquido (ml) na unidade no período / Nº de paciente - dia na unidade no período.

  • Protocolo de Prevenção de Quedas

Fórmula de cálculo: Nº de QUEDAS / Nº de saídas x 1000

 

PRINCIPAIS RESULTADOS

A Unidade de Gestão de Riscos Assistenciais (UGRA) realiza o monitoramento mensal nas áreas assistenciais por meio de um instrumento para a coleta de dados, baseados nas práticas e Protocolos de Segurança do Paciente implementados (Identificação do Paciente; Protocolo de Quedas de pacientes adultos; Protocolo de Prevenção de Lesões de Pele e Avaliação das práticas do uso seguro de medicamentos para pacientes internados). Os dados tabulados são demonstrados em relatórios mensais, nos quais são encaminhados aos gestores.

Os principais resultados, de acordo com as práticas e Protocolos institucionais implantados são:

  • Avaliação do Protocolo de Identificação do Paciente –
  • Taxa de identificação de leito – Meta contratualizada = 95% de adesão;
  • Taxa de identificação por pulseira – Meta contratualizada = 85% de adesão;

 

  • Avaliação do Protocolo de Quedas para pacientes adultos internados:
  • Índice de quedas (Nº QUEDAS/Nº SAÍDAS X 1000);
  • Número de quedas por setor.
  • Avaliação do Protocolo de prevenção de Lesões de Pele:
  • Incidência de Lesão por Pressão – Meta contratualizada = 10%.
  • Avaliação das práticas para Uso Seguro de Medicamentos para pacientes internados:
  • Taxa de identificação de paciente alérgico.

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO CASSIANO MORAES

Publicado: 25/05/2020   -   última modificação: 27/05/2020 16h35

 

 

PROGRAMA  DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

 

Os Programas de Residência Multiprofissional e Uniprofissional constituem modalidade de ensino de pós graduação lato sensu, destinado às profissões da saúde, excetuada a médica, sob a forma de curso de especialização, caracterizado por ensino em serviço, com carga horária de 60 (sessenta) horas semanais, duração mínima de 02 (dois) anos e em regime de dedicação exclusiva (Resolução nº 02, de 13 de abril de 2012 CNRMS).

O Programa de Residência Multiprofissional em Saúde com área de concentração em "Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente" está localizada no Centro de Ciências da Saúde (CCS) – Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (HUCAM) no Campus de Maruípe da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). São ofertadas 18 vagas no total, sendo 2 vagas para cada uma das seguintes profissões: enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, odontologia, psicologia, serviço social e terapia ocupacional. Atualmente, os residentes atuam em Unidades Básicas de Saúde, em nível ambulatorial no Ambulatório de Pediatria do HUCAM e na Clínica-escola da UFES; e em âmbito hospitalar no HUCAM (Enfermarias da Maternidade e da Pediatria; Unidade de Terapia Intensiva em Neonatologia e em Pediatria; Brinquedoteca).

O Programa de Residência Uniprofissional em Medicina Veterinária com áreas de concentração em "Patologia clínica", "Clínica cirúrgica de animais de companhia" e "Clínica médica de animais de companhia" está localizado no Centro de Centro de Ciências Agrárias e Engenharias (CCAE) – Hospital Veterinário (HOVET) no Campus de Alegre da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). São ofertadas 3 vagas no total, sendo uma vaga para cada área de concentração.

(SAIBA MAIS)

 

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO CASSIANO MORAES

Publicado: 25/05/2020   -   última modificação: 27/05/2020 16h35

 

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA

A Residência Médica no Brasil foi normatizada por meio da Lei nº 6.932 de 7 de julho de 1981, mas o Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (HUCAM) já oferecia treinamento em serviço - que  posteriormente foi reconhecido como Residência Médica - antes de sua promulgação. O Programa de Residência Médica do Centro de Ciências da Saúde  formou 1.063 Médicos Residente até hoje.  Em 2016, 148 estudantes estão regularmente matriculados no Programa de Residência Médica do Centro de Ciências da Saúde, distribuídos entre 20 especialidades e 5 áreas de atuação.

(SAIBA MAIS)

 

UNIDADE RESPONSÁVEL:   Coordenadora Geral: Profª. Drª. Maria da Penha Zago Gomes

Secretários: Ana Paula Jantorno e Thiago Batista

 

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO CASSIANO MORAES

Publicado: 11/09/2020   -   última modificação: 11/09/2020 15h48

A Carta de Serviços ao Usuário do Hucam/Ufes apresenta informações para facilitar o acesso da população a todos os serviços prestados. Essa Carta de Serviços ao Usuário está estabelecida pela Lei 13.460/2017, que dispõe sobre participação, proteção e defesa dos direitos do usuário dos serviços da administração pública; e também pelo Decreto 9492 de 2018. Este é mais um instrumento de transparência que o Hucam disponibiliza para a sociedade, em sintonia com a legislação que estabelece a simplificação do atendimento público à comunidade. Para prestar um serviço adequado e com mais qualidade a Carta está passando por um processo de atualização.

 

- CARTA DE SERVIÇOS AO USÚARIO - 2017(Clique aqui)

Renúncia de receitas

A Ebserh não desenvolve nenhum programa, ação, projeto ou atividade que resulte em renúncia de receitas, não havendo conteúdo a ser tornado público.

Programas Financiados pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT)

A Ebserh não desenvolve nenhum programa, ação, projeto ou atividade financiados pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), não havendo conteúdo a ser tornado público.