Notícias Notícias

Voltar

Ultrassom na unha é usado para ver sinais de doença

Psoríase

Ultrassom na unha é usado para ver sinais de doença

Método desenvolvido por liga médica europeia chega de forma pioneira ao SUS no ES

VITÓRIA (ES) -  O Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam-Ufes) é pioneiro na rede SUS do Espírito Santo em buscar, na unha de pacientes, sinais da doença psoriásica, mal inflamatório que provoca lesões na pele e atinge pessoas no auge de sua fase produtiva, entre os 20 e os 40 anos.

As evidências usadas para fechar o diagnóstico são colhidas por meio de exame de ultrassom, técnica que tem sido estudada e desenvolvida na Liga Europeia Contra o Reumatismo.

Em abril e em agosto deste ano, a reumatologista do Hucam Érica Serrano e outros colaboradores produziram um curso no Hucam que teve objetivo de divulgar esse meio de diagnóstico da doença psoriásica em pacientes que apresentam sintomas característicos, como as manchas cutâneas. O método também é usado para examinar as articulações, quando a psoríase pode ser classificada como artrite psoriásica.

O procedimento ainda está em período de análise para sua validação e posterior utilização na população em geral. A reumatologista destacou que se trata de um exame vantajoso em relação a outros: “É fácil de fazer, não é doloroso nem invasivo e seu uso aumenta as chances de diagnosticar a doença.”.

A doença psoriásica, autoimune, não possui cura, mas o tratamento adequado pode evitar reincidências. A médica pretende continuar a divulgação da técnica por meio de curso no Hucam - hospital da Rede Ebserh - duas vezes por ano para especialistas da área, como reumatologistas e dermatologistas.

Sobre a Rede Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.