Notícias Notícias

Voltar

HUJB realiza campanha Adorno Zero para conscientizar colaboradores

Prevenção

HUJB realiza campanha Adorno Zero para conscientizar colaboradores

Foram realizadas blitz educativas e utilizados materiais gráficos em diversas áreas do hospital

Cajazeiras (PB) – O Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB-UFCG) iniciou uma campanha com o objetivo de garantir a segurança de colaboradores e pacientes. Iniciada em março, a campanha “Zero adorno – Zero infecção” possui viés educativo para cumprir uma norma do Ministério do Trabalho que ressalta a proibição do uso de alianças, anéis, pulseiras, relógios, colares, brincos, broches e piercing pelos profissionais de saúde.

Como forma de conscientizar os colaboradores, foram realizadas blitz educativas e utilizados materiais gráficos em diversas áreas do hospital, além da distribuição de saquinhos plásticos para aqueles colaboradores que estavam utilizando adornos. Eles ainda foram convidados a registrar o momento como forma de adesão à campanha.

A chefe do Setor de Regulação e Avaliação do HUJB, Tereza Lourença, afirmou que a ação Adorno Zero serve para garantir a segurança tanto do paciente quanto dos profissionais de saúde do HUJB. “Foram visitados vários setores, iniciando o processo de sensibilização de forma lúdica, dinâmica e educativa. A utilização dos adornos traz muitos riscos dentro do ambiente hospitalar, pois contribui para a disseminação de agentes que podem gerar infecções hospitalares”, disse.

O médico do trabalho do hospital, Osvaldo Martins, ressaltou que durante as inspeções pode-se verificar significativa redução do uso de adornos e, consequentemente, diminuição dos riscos à saúde dos trabalhadores e dos pacientes.

A campanha é fruto de uma parceria entre o Serviço de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (Sost) e o Serviço de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente (SVSSP), contando ainda com a participação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa).

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O HUJB-UFCG faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde dezembro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Com informações do HUJB