Hospital Universitário Julio Müller - HUJM

Universidade Federal do Mato Grosso

Ensino e Pesquisa Ensino e Pesquisa

Evidência Médica Evidência Médica

UpToDate

Os portais e bases disponíveis aos usuários/pesquisadores do Hospital Universitário Júlio Müller são:

O UpToDate® está presente em 164 países e é o principal recurso de suporte a decisões médicas baseado em evidências, confiado por profissionais de saúde para ajudá-los a tomar as decisões certas no local de atendimento. Foi comprovado que ele muda a forma como os médicos praticam a medicina e é o único recurso associado com melhores resultados. O conteúdo do site é feito por mais de 6.000 médicos especialistas que trabalham como autores, revisores e editores.

O portal da CAPES disponibiliza às instituições de ensino e pesquisa no Brasil o melhor da produção científica internacional. Conta com um acervo de mais de 37 mil títulos com texto completo, 130 bases referenciais, 12 bases dedicadas exclusivamente a patentes, além de livros, enciclopédias e obras de referência, normas técnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual.

 

O objetivo da BIREME é contribuir para o desenvolvimento da saúde das populações das Américas, promovendo a cooperação entre países, a democratização do acesso à informação científica e técnica, legislação e o intercâmbio de conhecimento e evidências em prol da contínua melhoria dos sistemas de saúde, educação e de pesquisa. A base de dados da BIREME é acessada pelos pesquisadores do hospital pelo endereço: www.bireme.br. Por meio da BIREME os pesquisadores tem acesso às bases da LILACS, MEDLINE, Biblioteca Cochrane, entre outras.

 

Os pesquisadores do hospital tem acesso a BVS pelo site http://bvsms.saude.gov.br. A BVS tem como propósitos, reunir, organizar e disseminar informações em saúde, com ênfase na produção institucional uma vez que as publicações do ministério da saúde (MS) não são comercializadas. Tal fato torna a BVS o principal canal de divulgação e disponibilização da informação produzida pelo MS ao cidadão. Por meio do site estão disponíveis livros, cartilhas, manuais, revistas, políticas, programas nacionais, legislação, além de outros serviços. Grande parte deste material se encontra em texto completo que pode ser lido na integra.

 

Biblioteca eletrônica que abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros. A SciELO é o resultado de um projeto de pesquisa da Fundação de Amparo à pesquisa do Estado de São Paulo, em parceria com a BIREME e o centro Latino-Americano e do Caribe de informação em Ciências da Saúde. Acesso pelo portal: http://www.scielo.org.

 

Fornece acesso rápido ao conhecimento científico por meio de publicações atuais e sistematicamente revisadas. As informações, providas de evidências científicas são utilizadas para apoiar a prática clínica, como também a tomada de decisão para a gestão em saúde e qualificação do cuidado, auxiliando assim os profissionais da saúde. Os conteúdos estão disponíveis para os profissionais de saúde vinculados ao respectivo conselho profissional. Possuem acesso à pesquisa os profissionais das áreas de Biologia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social.

 

O PubMed compreende mais de 22 milhões de citações da literatura biomédica da MEDLINE, periódicos de ciências naturais e livros on-line. As citações e resumos (abstracts) do PubMed abrangem tópicos em biomedicina e saúde, ciências naturais, ciências do comportamento, química e bioengenharia. O PubMed também dá acesso a sites relevantes na área e direciona o usuário para outros recursos em biologia molecular do NCBI (National Center for Biotechnology Information). O PubMed é um recurso de livre acesso que é desenvolvido e mantido pela NCBI, na NLM (U.S. National Library of Medicine), localizado na National Institutes of Health (NIH). Alguns editores de periódicos submetem suas citações ao NCBI e fornecem acesso ao texto completo (full-text) dos artigos dos periódicos que utilizam o LinkOut.

 

O Dataverse faz parte de uma iniciativa de Gary King (Professor de Sociologia na Harvarde University) e se constitui primariamente em um software utilizado para fazer com que dados sejam disponibilizados publicamente. O link acima para o dataverse da Harvard University é uma das instâncias mais completas, contendo dados para ciências Sociais, mas também com fontes em saúde.

 

O ICPSR é um dos repositórios de dados mais antigos. Apesar de seu título dar a impressão de que apenas ciências sociais sejam incluídas, ele também contém dados para as áreas de saúde, psicologia, entre vários outros campos.

 

O CDC (Centro para Controle e Prevenção de Doenças) é o instituto líder nacional de saúde pública dos Estados Unidos. É uma agência federal  do Departamento de Saúde e Serviços Humanos. Os bancos de dados do CDC podem ser acessados pelo endereço: http://www.cdc.gov. Neles contêm algumas das pesquisas mais clássicas em saúde, entre elas grandes estudos longitudinais, como o NHANES (National Health and Nutrition Examination Survery).

Semelhante ao CDC, o AHRQ publica uma série de pesquisas que são atualizadas anualmente, contendo dados clínicos e de interesse para saúde pública. Alguns dos seus bancos só estão disponíveis via pagamento utilizado para manter os custos necessários para coleta e processamento, mas outros são disponibilizados.

 

Apesar de que grande parte do banco do Medicare (Sistema de atendimento público à saúde nos EUA) só ser disponibilizado a partir de um pagamento anual, recentemente uma parte deste banco foi disponibilizada publicamente.

 

O HSCIC tem um papel no Reino Unido semelhante ao papel do CDC nos EUA, portanto os seus bancos de dados também são semelhantes.

 

 

 

 

 

 

 

O CIHI/ICIS segue a linha do HSCIC, CDC e AHRQ, provê oportunidades de comparações.

 

O DATASUS representa uma fonte importante de dados para estudos epidemiológicos relacionados à provisão de informações sobre a saúde pública no Brasil.

 

O SEER é um dos bancos populacionais mais completo em termos de pesquisa relacionada a câncer, contendo uma variedade enorme de dados que vão desde bancos com grupos de pacientes agregados disponibilizados gratuitamente, até bancos com dados de pacientes individuais (anonimizados) que são disponíveis mediante um pagamento para custear a manutenção do banco como um todo.