Notícias Notícias

Voltar

Núcleo de Telessaúde do HUJM é finalista em premiação internacional

e-Saúde

Núcleo de Telessaúde do HUJM é finalista em premiação internacional

Dentre todas as categorias, essa foi a única indicação brasileira ao prêmio

Cuiabá (MT) – O Núcleo de Telessaúde de Mato Grosso, que faz parte do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) vinculado à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e à Rede Ebserh, está entre cinco os finalistas na categoria C 10 e-health, ao prêmio WSIS Fórum 2019, em Genebra, na Suíça. Dentre todas as categorias, essa foi a única indicação brasileira. A premiação dá maior visibilidade a ações de sucesso dentro das categorias estabelecidas. Também fornece modelos que podem ser replicados e reconhece os esforços para contribuir para o desenvolvimento da sociedade.

O Núcleo do HUJM tem como objetivo qualificar as práticas em Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica. Ele oferece quatro serviços que são essenciais à população no estado: Teleconsultoria, que esclarece dúvidas sobre os procedimentos clínicos e ações de saúde; Telediagnóstico, que oferece serviço de apoio diagnóstico à distância em Eletrocardiograma, Dermatologia e Estomatologia; Segunda Opinião Formativa, cuja resposta sistematizada, é construída com base em revisão bibliográfica com evidências científicas e clínicas, a perguntas originadas das Teleconsultorias; e Tele-educação, que oferece capacitação e aperfeiçoamento dos profissionais de saúde.

Os principais benefícios da Telessaúde para o Mato Grosso são redução dos custos e riscos com encaminhamentos e remoção de pacientes, suporte de especialistas aos profissionais das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), redução das filas de espera para consultas especializadas, aceleração do processo de diagnóstico, qualificação permanente dos profissionais na própria UBS, estímulo à fixação e redução de isolamento profissional em áreas remotas do estado, aumento da resolutividade das UBSs e maior satisfação da população.

Em 2018, o Núcleo apresentou resultados expressivos. Dentre eles, podem ser citados mais de 6 mil teleconsultorias, 75 web aulas, 13,8 mil participações em web aulas, seis cursos de Educação à Distância, mais de 274 mil visualizações no YouTube, mais de 9 mil laudos de Eletrocardiograma (ECG) e satisfação de 94,3% dos profissionais que utilizam os serviços oferecidos.

Sobre a Ebserh

Desde novembro de 2013, o HUJM-UFMT faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Com informações do HUJM