Hospital Universitário Julio Müller - HUJM

Universidade Federal do Mato Grosso

Saúde Saúde

Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente

Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH)

O Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente (SVSSP) está ligado a Gerência de Atenção a Saúde e é composto pelo Serviço de Gestão de Riscos Assistenciais (SGRA), Serviço de Gestão da Qualidade (SGQ), Núcleo de Vigilância Epidemiológica (NVE) e Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, sendo o chefe deste setor também coordena o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP).

                                                            

Figura01. Organograma do SVSSP

Este setor tem como premissa coordenar as atividades da equipe multiprofissional de saúde vinculado a ele, com o objetivo principal de verificar e realizar a gestão dos problemas relacionados a ações Vigilância em Saúde, bem como o gerenciamento de riscos e danos ao paciente, articulando-as sob o princípio da segurança do paciente.

Sendo assim, a segurança do paciente passa a ser a pedra fundamental em que todas as ações do SVSSP se norteia, para isso é fundamental a integração dos todos os colaboradores do Hospital Universitário Júlio Muller/ EBSERH.

Em seu Plano de Segurança do Paciente, o SVSSP estabeleceu como metas, a implementação das seis metas internacionais de Segurança, a saber

 

Serviço de Controle de Infecção Hospitalar

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Universitário Júlio Muller trabalha diariamente visando a prevenção da infecção relacionada à assistência à saúde e o controle da transmissão de microrganismos no ambiente hospitalar, melhorando a prestação do cuidado assistencial, a segurança do paciente e dos profissional de saúde. Além disso, o SCIH executa a “Busca fonada” (entrevista por telefone) junto aos pacientes do hospital que realizaram cirurgia limpa e/ou cesarianas, 30 dias após a alta.

A Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) conta com membros executores e consultores, sendo os membros executores os responsáveis pelo Serviço de Controle de Infecção (SCIH).