Notícias Notícias

Voltar

Autoridades civis e militares visitam hospital de campanha

VISITA

Autoridades civis e militares visitam hospital de campanha

Representantes das Forças Armadas e Procuradoria da República conhecem nova unidade

Às vésperas de iniciar o seu funcionamento, o hospital de campanha do HUL-UFS/Ebserh recebeu na manhã desta sexta-feira, 12, a visita de representantes de instituições militares do Estado de Sergipe e da Procuradoria da República para a região de Lagarto. As autoridades foram recepcionadas pelo reitor da UFS Angelo Antoniolli, pelo vice-reitor Valter Santana, pelo superintendente do HUL, professor Manoel Cerqueira Neto, pela diretora Clínica, Evelyn de Oliveira Machado; e pela chefe da unidade de Planejamento, Inajara Peres.

Estiveram no hospital provisório o comandante do 28º Batalhão de Caçadores, tenente-coronel Marcos Aurélio Magalhães; o capitão de fragata e dos Portos de Sergipe, Guilherme Conti Padão; e o procurador da República, João Bosco. As autoridades tiveram a oportunidade de conhecer toda a parte de infraestrutura da nova unidade, as instalações em cada leito e dependências, além de todo o aparato de instrumentos e equipamentos médico-assistenciais instalado.

“É um orgulho muito grande poder testemunhar aqui esta conclusão deste projeto do hospital de campanha de Lagarto”, observou o comandante Magalhães. “Com certeza, acho que vai ser uma contribuição muito grande para a sociedade neste momento de pandemia”, disse.  

“Representando a Marinha do Brasil, é com muita satisfação que posso comprovar o excelente trabalho aqui desempenhado; realmente as instalações do hospital de campanha são impressionantes, a forma profissional e dedicada como tem sido conduzido, além do respeito para com o patrimônio público”, destacou o capitão Guilherme Padão. “Tenha certeza que esses recursos vão retornar para a população sergipana”, afirmou.    

O procurador da República para a região de Lagarto, João Bosco, falou também da sua impressão sobre a unidade provisória e acerca do Hospital Universitário de Lagarto.  “É uma alegria ver que o HUL continua progredindo, mostrando a sua vocação”, ressaltou. “Achei muito boas, adequadas e eficientes as instalações, e nos pareceu um grande avanço no tratamento da Covid em Sergipe”, comentou. “Se Deus permitir vai ser o suficiente para que nenhum paciente fique sem atendimento por falta de espaço no estado; Lagarto dá exemplo com esse hospital de excelência que é o Hospital Universitário de Lagarto”, concluiu.

O hospital de campanha do Hospital Universitário de Lagarto, com capacidade para 20 leitos, contará com 10 leitos de UTI a partir do início do seu funcionamento, no próximo dia 15, e com mais 10 leitos de terapia intensiva a partir do dia 29 de junho com a segunda convocação de profissionais de saúde aprovados em processo seletivo da Ebserh.  

Para o superintendente do HUL, professor Manoel Cerqueira Neto, o mérito da iniciativa está no trabalho cooperativo voltado a uma prestação de serviço qualificada em favor da comunidade. “Neste momento nos sentimos felizes pela missão cumprida, pelo trabalho e empenho de toda a equipe do HUL, dos nossos parceiros que nos permite proporcionar esta entrega à sociedade sergipana”, enfatizou.

“Todo o mérito desse trabalho não está na construção de um, mas sim de todos! Não se faz nada sozinho, mas sim juntos!”, complementou o superintendente. “Porque assim estaremos mais fortes para atingirmos o objetivo que é prestar uma saúde de qualidade à população do estado de Sergipe”, finalizou.

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O HUL-UFS faz parte da Rede Hospitalar Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde.