Notícias Notícias

Voltar

Coronavírus: UFS produz 1 tonelada de álcool em gel para instituições do estado

SOLIDARIEDADE

Coronavírus: UFS produz 1 tonelada de álcool em gel para instituições do estado

HUL-UFS é um dos hospitais beneficiados com a iniciativa da Universidade de Sergipe

O Departamento de Farmácia da UFS, Campus São Cristóvão, alcançou nessa quinta-feira, 16, a marca de 1 tonelada de álcool em gel e 1.500 litros de álcool glicerinado produzidos e entregues a 19 instituições do estado frente à pandemia Coronavírus, dentre elas os Hospitais Universitários de Aracaju (HU-UFS) e de Lagarto (HUL-UFS), o Hospital Santa Isabel, a Secretaria de Segurança Pública, a Defensoria Pública, a Fundação Renascer, além de asilos e secretariais municipais de saúde.

A produção de álcool, com o envolvimento de professores e alunos da universidade, acontece desde o dia 19 de março/2020, numa iniciativa voltada para o atendimento de diversas instituições públicas, filantrópicas e beneficentes de Sergipe. A mobilização do Departamento de Farmácia começou logo após a notificação dos primeiros casos de contaminação por Coronavírus no estado.

“Frente à declaração da pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), os professores e alunos entenderam que era momento de agir e somar forças para ajudar a população mais vulnerável e os profissionais que estão na linha de frente do combate ao vírus”, destaca o professor Adriano Antunes, coordenador do Laboratório de Ensaios Farmacêuticos e Toxicidade-LeFT da instituição de ensino.

O projeto de extensão conta ainda com o envolvimento e participação de outros quatro professores doutores da UFS - Francilene Amaral, Cláudio Lima, Rogéria Nunes e Marcelo Cavalcante -, além de cerca de 20 alunos de graduação em Farmácia e do Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas da universidade.

“Recentemente novos grupos se somaram nesta ação, pois com o avanço da pandemia esses produtos se tornaram cada vez mais importantes, porém escassos, entre eles os campi da UFS de Itabaiana, Glória e Lagarto”, ressalta Adriano Antunes. “A colaboração entre os diversos campi da UFS tem potencializado enormemente a ação, pois novas tecnologias e equipamentos têm sido compartilhados”, diz. “Destaca-se nesse processo a articulação da gestão da UFS, através do vice-reitor Valter Joviniano, que tem atuado de forma a fortalecer os grupos internamente e promover a ação junto à sociedade”, acrescenta.

Urgência e mobilização

O professor Valter Joviniano, vice-reitor da UFS, lembra que a mobilização do Departamento de Farmácia da instituição começou logo após a notificação dos primeiros casos de Coronavírus no Estado de Sergipe. “Esse é um marco muito importante para a UFS, fruto da dedicação e empenho de nossos professores, alunos e servidores técnico-administrativos, que responderam prontamente a uma demanda urgente e que sem dúvida está auxiliando no combate à pandemia”, enfatiza. “Esta ação fortalece a universidade, que busca com todas as suas possibilidades devolver à sociedade, por meio do tripé ensino, pesquisa e extensão soluções para atender às necessidades da população”, diz.

Para o professor Adriano Antunes, o propósito é que o projeto continue ajudando ao máximo as pessoas mais vulneráveis e àqueles que estão na linha de frente do combate ao COVID-19, como é o caso dos profissionais de saúde que atuam nos hospitais da UFS em Lagarto e Aracaju. “Empresas, associações e instituições de forma voluntária doaram insumos e embalagens que foram essenciais para que chegássemos a esses números”, destaca, ao tempo em que agradece o apoio para a consecução dessa iniciativa por parte da Distribuidora Petrox, da Associação das Indústrias de Nossa Senhora do Socorro, da Tok Cosméticos e da MW4 Representações, além do apoio do Governo do Estado de Sergipe e da Secretaria da Segurança Pública do estado.

 

*Assessoria de Comunicação Social da UFS - com contribuição do HUL-UFS