Notícias Notícias

Voltar

HULW realiza primeira cirurgia de reconstrução mandibular com prótese definitiva

ODONTOLOGIA

HULW realiza primeira cirurgia de reconstrução mandibular com prótese definitiva

Procedimento aconteceu no Bloco Cirúrgico pela equipe de cirurgia bucomaxilofacial e foi um sucesso

A equipe de Cirurgia Bucomaxilofacial da Unidade de Saúde Bucal do Hospital Universitário Lauro Wanderley, da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebserh, realizou a primeira cirurgia de reconstrução de mandíbula com a implantação de prótese definitiva de titânio, considerada padrão ouro de reconstrução desse tipo de osso. O material foi personalizado de acordo com as características da paciente, que perdeu parte da mandíbula após a retirada de um tumor.

O cirurgião bucomaxilofacial do HULW Sirius Dan Inaoka explica que a paciente tinha uma placa (material de reconstrução temporário) exposta na face há cerca de 10 anos e já tinha se submetido a outras cirurgias para recobrir a área afetada. “A indicação da prótese se deu devido à necessidade de reconstruir a mandíbula de forma definitiva, para garantir uma melhor qualidade de vida. Esse tipo de cirurgia permite reabilitar a face da melhor maneira possível e de forma definitiva”, disse.

A prótese de titânio customizada é confeccionada de uma liga de cromo, cobalto, molibdênio e titânio. O valor do protótipo é alto, gira em torno de R$ 150 mil a R$ 200 mil, e nesse caso, foi adquirido por via judicial. “A paciente está em acompanhamento pela equipe do HU há cerca de um ano e meio – cerca de 9 meses aguardando a liberação da justiça e uns 9 meses realizando o planejamento digital de como seria a prótese”, informou.

O procedimento aconteceu no Bloco Cirúrgico do Hospital Universitário Lauro Wanderley em setembro e teve a participação de um conjunto de profissionais composto por cirurgiões bucomaxilofaciais do hospital e residentes de cirurgia bucomaxilofacial. Além de Sirius Dan Inaoka, participaram o cirurgião Davi Felipe Neves Costa e residentes do HULW. “A cirurgia foi realizada sob anestesia geral e a paciente recebeu alta em dois dias”, destacou Davi Felipe.

Sandra Maria dos Santos, que reside em João Pessoa, precisou ficar em observação no hospital apenas dois dias após o procedimento cirúrgico. A paciente, de 38 anos, se recupera bem e permanece em acompanhamento no HULW, onde vai passar por sessões de fonoaudiologia. “A melhora na qualidade de vida é significativa, com elevação da autoestima”, frisou o odontólogo.

Sobre a Ebserh                                        

O Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) integra a Rede Ebserh desde dezembro de 2013. Estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais.

O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

 

Jacqueline Santos - Jornalista HULW-UFPB/Ebserh