Notícias Notícias

Voltar

HULW se torna o primeiro hospital do estado a realizar exame urodinâmico via SUS

Pioneirismo

HULW se torna o primeiro hospital do estado a realizar exame urodinâmico via SUS

Na segunda semana do mês de março o Serviço de Uroginecologia e Urologia do HULW passou a contar com um novo equipamento para realização de exame urodinâmico.

O Serviço de Uroginecologia e Urologia do Hospital Universitário Lauro Wanderley, passou a contar na segunda semana do mês de março, com um novo equipamento para realização de exame urodinâmico. Para sua aquisição foram investidos R$ 26.400,00 por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), administrado pela Ebserh. Com esse novo equipamento, o HU Lauro Wanderley se torna o único hospital da rede pública do estado da Paraíba a realizar esse procedimento.

Segundo o ginecologista, Dr. Marcelo Tissiani, o aparelho de estudo urodinâmico tem como principal objetivo proporcionar ao médico a melhor estratégia possível para o tratamento das diversas formas clínicas de incontinência urinária, tanto no homem quanto na mulher. “Estamos muito felizes com a chegada desse novo aparelho e sabemos que teremos condições de propor um melhor tratamento e com segurança um melhor prognóstico para todos os nossos pacientes.” Comemorou ele.

Para o gerente de atenção a saúde do HULW, Dr. Moisés Diogo Lima, o estudo urodinâmico é um passo propedêutico fundamental na investigação de uma doença muito prevalente principalmente na população feminina. "É com muita satisfação que a gestão do HULW na pessoa da Profa.  Flávia Pimenta proporciona esse exame a população do nosso município e do nosso estado." Enfatizou ele.

O exame

O exame urodinâmico ocupa um lugar de destaque entre os métodos diagnósticos solicitados e realizados pelo  ginecologista e o urologista, tanto pela qualidade de informações obtidas como pelo número crescente de exames realizados. Ele é indicado nos pacientes que apresentam incontinência urinária, obstrução infravesical e disfunção vesical de origem neurogênica primária ou adquirida, sendo utilizado como exame diagnóstico e de seguimento. Contudo, é um exame invasivo, não isento de complicações, de longa duração e dividido em diversas etapas, cada qual com seu grau de exposição física e de desgaste emocional ao paciente.

Os profissionais que realizam o procedimento consideram que a avaliação urodinâmica deva ser realizada para o apoio da conduta a ser proposta no tratamento das disfunções miccionais. É importante lembrar que muitas pacientes apresentam mais de uma causa de incontinência urinária.

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2013, o HULW-UFPB é vinculado à Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.



 

Imagens:

Vídeo:

Entrevista com o ginecologista, Dr. Marcelo Tissiani produzida pela ASCOM HULW EBSERH