Notícias Notícias

Voltar

Evento on-line abordou importância do serviço de odontologia do HULW

REPERCUSSÃO NACIONAL

Evento on-line abordou importância do serviço de odontologia do HULW

Palestras de profissionais do Lauro Wanderley contaram com participantes de vários estados do país

Compartilhar para os pares a importância do serviço de odontologia e divulgar os atendimentos realizados no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB). Esses foram os principais objetivos da 1º Semana de Odontologia, que aconteceu entre os dias 11 e 14 de agosto e abordou relevantes assuntos relacionados à saúde bucal.

 

O evento, idealizado pelo cirurgião-dentista bucomaxilofacial Davi Costa, e pela cirurgiã-dentista Iris Sant´Anna, contou com oito palestras on-line, com cerca de duas horas de duração, que levantou temas como a odontologia no tratamento dos pacientes com fissuras Labiopalatinas; complicações orais no tratamento oncológico; alternativas terapêuticas para o tratamento das dores orofaciais; e prótese bucomaxilofacial no serviço público.

 

“Organizamos a primeira semana de odontologia do HULW com a finalidade de divulgar os serviços prestados à população e a importância da unidade de saúde bucal para o Hospital Universitário”, ressaltou o cirurgião dentista bucomaxilofacial, Davi Costa. Ele acrescentou que o evento foi transmitido pela plataforma zoom, o que possibilitou a participação de pessoas de vários cantos do país.

 

Entre os palestrantes estão o cirurgião dentista bucomaxilofacial do Lauro Wanderley, Davi Costa; a cirurgiã dentista do Serviço de Fissuras Labiopalatinas do Hospital, Rosa Helena Wanderley; além de outros especialistas da área como o professor do curso de Odontologia da UFPB Paulo Bonan, o cirurgião dentista bucomaxilofacial Sírius Inaoka, e as cirurgiãs dentistas Cristina Honorato, Júlia Magalhães, Renata Navarro e Luciana Lucena. Todos esses profissionais atuam diretamente na unidade de saúde bucal do HULW.

 

“Foi registrada uma média de 170 participantes em cada palestra. Foram pessoas de localidades como Manaus, Fortaleza, Rondônia, Mato Grosso

As transmissões foram pela plataforma Zoom (enviamos os links aos inscritos), e durante as palestras era possível o envio de perguntas, por exemplo”.

 

Os funcionários terão direito à certificação por meio de parceria com o Serviço de Capacitação e Avaliação de Desempenho (Secad). Já o público externo vai receber certificado emitido pela Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP). “As pessoas assinaram uma lista de frequência on-line. Será garantido certificação a quem teve participação pelo menos de 75% nas palestras”, informou Davi.

 

Projetos

 

Imagina receber atendimento odontológico e ainda ter acesso ao acessório para seguir com o tratamento: tudo sem desembolsar nem um centavo? Isso acontece no caso de pacientes com bruxismo (uma desordem funcional caracterizada pelo ranger ou apertar dos dentes) que passam pelo Hospital Universitário Lauro Wanderley.

 

Atualmente, a Unidade de Saúde Bucal do HULW é cenário para o desenvolvimento de projetos através de parcerias com professores do curso de Odontologia da UFPB. Um deles permite a confecção de placas para tratamento do bruxismo que são destinadas aos usuários assistidos pelos profissionais do serviço. “Coordenado pela dentista Júlia Magalhães, o projeto permite que placas sociais sejam feitas e distribuídas sem custo algum para o paciente”, explica Davi Costa.

 

O cirurgião dentista citou ainda o projeto de confecção de próteses bucomaxilofaciais para reposição facial de pacientes que, por conta de cirurgia para retirada de tumores por exemplo, perderam parte da face. “Nesse caso, uma das responsáveis é a professora Renata Navarro, que atua na Escola Técnica de Saúde da UFPB”, disse.

 

Sobre a Ebserh     

O Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) integra a Rede Ebserh desde dezembro de 2013. Estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais.

O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Por Jacqueline Santos - Jornalista HULW-UFPB/Ebserh