Notícias Notícias

Voltar

Ministério da Saúde certifica sala de apoio à amamentação do HULW

EXCELÊNCIA

Ministério da Saúde certifica sala de apoio à amamentação do HULW

Projeto Mulher Trabalhadora que Amamenta objetiva incentivar aleitamento materno

Por incentivar as colaboradoras à amamentação e apoiá-las nessa fase, o Hospital Universitário Lauro Wanderley, da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebserh, recebeu certificação do Ministério da Saúde (MS). O Posto de Coleta de Leite Materno passa a ter o título de Sala de Apoio à Mulher Trabalhadora, o qual reconhece o ambiente como local que promove, protege e apoia o aleitamento materno para a mulher trabalhadora.

A proposta conta com a parceria da Sociedade Brasileira de Pediatria e tem o objetivo de contribuir para a continuidade da amamentação após o retorno às atividades laborais. As salas de apoio são especialmente preparadas dentro do ambiente da empresa, visando permitir que a mulher que amamenta possa coletar o leite de forma segura e levá-lo para o bebê após a jornada de trabalho.

“Para receber a certificação, basta a empresa pública ou privada disponibilizar uma sala simples, dentro do ambiente de trabalho, com a infraestrutura adequada para a retirada e armazenamento do leite em frascos previamente esterilizados para, em outro momento, oferecê-lo ao seu filho”, explicou a enfermeira do Posto de Coleta da Maternidade do HULW, Renata Ramalho, profissional que recebeu o treinamento promovido pelo MS.

A enfermeira do Posto de Coleta informou ainda que a existência de uma Sala de Apoio à Amamentação, de maneira geral, proporciona um grande benefício não só para as mães e os bebês com a proteção e apoio da amamentação, mas também para o Hospital que passa a valorizar ainda mais as necessidades das funcionárias no puerpério. “Dispomos de um ambiente tranquilo e seguro, com todo apoio às funcionárias e estudantes do HULW, para assegurar a manutenção da amamentação no retorno às atividades”, enfatizou.

O cadastro da sala de apoio à amamentação do Hospital Universitário Lauro Wanderley junto ao Ministério da Saúde está baseado na nota técnica 01/2010 do MS que afirma a adesão da instituição ao projeto “Mulher Trabalhadora que Amamenta”. É uma estratégia do órgão federal que consiste em criar nas empresas públicas e privadas uma cultura de respeito e apoio à amamentação como forma de promover a saúde da mulher trabalhadora e do bebê.

COLETA

A sala está localizada na Clínica Obstétrica, sendo um espaço de apoio às funcionárias nutrizes do hospital, beneficiando a manutenção do aleitamento materno de centenas de crianças. “O leite coletado é mantido em um freezer a uma temperatura controlada, com uma etiqueta identificando o nome da mãe, a data e a hora da coleta. No fim do expediente, a mulher pode levar o leite para casa para que seja oferecido ao seu filho na sua ausência, e também se desejar doá-lo para o próprio hospital”, explica Renata Ramalho.

A enfermeira do Posto de Coleta esclareceu ainda a importância de o ambiente destinado à sala de apoio à amamentação ser favorável ao reflexo da ejeção do leite, fundamental para uma boa ordenha. São facilitadores deste reflexo: ambiente tranquilo e confortável, que permita a adequada acomodação da nutriz, sem interrupções e interferências externas e, de preferência, que dê privacidade à mulher. Para atender a estas qualidades, o ambiente deve ser mobiliado com poltronas individualizadas que promovam melhor acolhimento e privacidade, podendo ser separadas por divisórias ou cortinas. Devem ser disponibilizados pelo serviço, ou pelas próprias trabalhadoras, frascos para a coleta e o armazenamento do leite e recipientes térmicos para o seu transporte”.

Sobre a Ebserh

O Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) integra a Rede Ebserh desde dezembro de 2013. Estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais.     

 

Jacqueline Santos - Jornalista HULW-UFPB/Ebserh

Imagens: