Notícias Notícias

Voltar

HULW vai sediar evento internacional sobre fissuras labiopalatinas

Métodos e Design de Pesquisa

HULW vai sediar evento internacional sobre fissuras labiopalatinas

Inscrições para o II Workshop Smile Train, que acontece dia 7 de outubro, já começaram

Um em cada 700 bebês em todo o mundo nasce com fissura de lábio e/ou palato. O tratamento adequado e multiprofissional pode transformar completamente a vida desses pacientes. Para debater o assunto, o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB), da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebserh, vai sediar o II Workshop Smile Train com o tema Métodos e Design de Pesquisa: do planejamento à publicação.

O evento acontece dia 7 de outubro, a partir das 8 horas, no auditório Professor Lindbergh Farias e conta com o apoio do Serviço de Fissuras Labiopalatinas do HULW, referência para esse tipo de tratamento no Estado.

A ortodontista Rosa Helena Wanderley, que atua no HULW, explica que o serviço de Fissuras Labiopalatinas do hospital foi contemplado para organizar o encontro por se destacar entre os centros parceiros no desenvolvimento de pesquisas no Brasil. “Também somos destaque por conta da nossa parceria com o professor que ministrará o workshop. Essa é uma iniciativa que tem o objetivo de capacitar os profissionais da área e divulgar mundialmente o tratamento das fissuras labiopalatinas”, disse.

Palestrante do workshop, Alexandre Rezende Vieira é professor titular de Biologia Oral, Odontopediatria, Genética Humana e Antropologia, da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos. Também é professor visitante da Universidade Federal da Paraíba e atua em pesquisas junto ao Serviço de Fissuras Labiopalatinas do Hospital Universitário Lauro Wanderley. Recentemente foi reconhecido e incluído como “Expert Mundial em Lábio e Palato” no seleto guia médicos experts Expertscape.

O público-alvo do evento são colaboradores do hospital, parceiros Smile Train, alunos de cursos de graduação e pós-graduação da área, além de profissionais de outras instituições. As vagas são limitadas e as inscrições já podem ser feitas através do link http://bit.ly/2LwpC7Y. “Nosso Hospital, através do Serviço de Fissuras, terá o prazer de sediar o II Workshop Smile Train. A primeira edição foi realizada em Campinas, São Paulo, durante o XI Congresso Brasileiro de Fissuras Labiopalatinas e Anomalias Craniofaciais”, informou Rosa Helena Wanderley.

Na abertura da programação, a diretora Smile Train na América do Sul, Mariane Goes, vai falar sobre os novos projetos e diretrizes da instituição filantrópica internacional que já atuou em mais de 85 países e trabalha em busca de doações que possibilitem oferecer gratuitamente tanto a cirurgia reparadora quanto o tratamento multidisciplinar para crianças com fissuras de lábio e/ou palato.

AMBULATÓRIO

Em março deste ano, o Serviço de Fissuras Labiopalatinas do HULW passou a ser classificado como alta complexidade, permitindo assim o aumento no número de atendimentos e na quantidade de cirurgias realizadas. Em 2018, foram contabilizados cerca de 500 procedimentos ambulatoriais e 100 cirurgias.

“Somos referência não apenas para o Estado, mas para a região Nordeste pelo atendimento integral da necessidade humana, recebendo fissurados de outros estados como Rio Grande do Norte e Pernambuco”, destacou o cirurgião pediátrico Paulo Germano Furtado, que é responsável pelo serviço.

O número de pacientes cadastrados até o mês de julho de 2019 corresponde a 2.365, sendo registrados, em média, 80 novos casos por ano.

Criado em outubro de 1991, o Serviço de Fissuras passou por uma reforma no ano passado e a ONG Smile Train atuou como um dos parceiros na execução das novas instalações. O ambulatório é composto por uma equipe multidisciplinar com participação efetiva de cirurgiões, fonoaudiólogos e ortodontistas.

As fissuras comprometem a parte mais visível do corpo – a face, e atingem a fala. O objetivo do tratamento é a completa reabilitação do paciente. O HULW é referência na região, com mais de duas mil pessoas cadastradas, provenientes de quase todos os municípios.

Sobre a Ebserh
O Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) integra a Rede Ebserh desde dezembro de 2013. Estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais.

O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

 

 

Jacqueline Santos - Jornalista HULW-UFPB/Ebserh