Notícias Notícias

Voltar

Profissionais do HULW participam de curso de hemotransfusão

Excelência

Profissionais do HULW participam de curso de hemotransfusão

Inscrições para o Curso de Hemotransfusão e Hemovigilância, que acontece nos dias 17 e 18 de setembro, estão abertas

Como estratégia de consolidação para melhoria da assistência e segurança transfusional dos pacientes atendidos no Hospital Universitário Lauro Wanderley, vinculado à Universidade Federal da Paraíba e à Rede Ebserh, será realizado o I Curso de Excelência em Hemotransfusão e Hemovigilância. A capacitação vai acontecer nos dias 17 e 18 de setembro, no auditório professor Lindbergh Farias, no horário das 13h às 18h. As inscrições já estão abertas e podem ser efetuadas através do link http://bit.ly/2kspElj.

A capacitação será voltada para os profissionais de saúde que atuam no HULW, que terão a oportunidade de receber certificado de participação de 10 horas emitido pelo Serviço de Capacitação e Desenvolvimento (Secad), ligado à Divisão de Gestão de Pessoas do hospital.

O evento é uma iniciativa da coordenação do Projeto de Extensão em Hemovigilância, do Departamento de Ciências Farmacêuticas do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade Federal da Paraíba e conta com a parceria da Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP) e da Agência Transfusional do HULW.

Segundo a professora do Departamento de Ciências Farmacêuticas da UFPB e coordenadora do Projeto, Daniele Idalino Janebro Ximenes, o objetivo do curso é sensibilizar e capacitar os profissionais com relação à hemovigilância e hemotransfusão, visto que muitos deles veem como tarefas exclusivas da agência transfusional, quando, na verdade, a hemovigilância deve ser constante e feita por todos.

“A ideia é alcançar todos os profissionais que tenham algum contato com o cuidado do paciente e com o processo hemotransfusional, quais sejam técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, profissionais da Agência Transfusional, enfermeiros, médicos, residentes, farmacêuticos, farmacêuticos clínicos e biomédicos”, enumera.

A organização espera um público de pelo menos 100 participantes que poderão debater sobre assuntos como legislações vigentes, arsenal hemoterapêutico utilizado no hospital, processos pré e pós transfusão, hemocomponentes e suas principais indicações. “A intenção é aumentar o conhecimento sobre esses pontos, além de orientar sobre a diminuição do desperdício, indicar o melhor uso dos hemocomponentes e dar diretrizes sobre como reduzir os riscos para o paciente”.

Serão quatro palestrantes: Daniele Idalino, que vai falar sobre “Detecção de reações transfusionais e segurança transfusional”; Germana Arruda abordará a “Legislação vigente em hemoterapia e arsenal hemoterápico”; Nathalia Saraiva, que tratará dos “Procedimentos peritransfusionais e postransfusionais”; além de Tays Gonçalves que vai explicar sobre o “Uso racional dos hemocomponentes”.

A pouca ênfase na abordagem da hemoterapia e na hemovigilância durante os cursos de graduação de medicina e enfermagem foi um dos motivos que levaram à realização do curso. “Diante dessa necessidade, o Projeto de Hemovigilância da UFPB juntamente com a GEP sentiu a necessidade de promover a capacitação, uma das mais pedidas no ano passado”, destacou a professora Daniele.

De acordo com Germana Arruda, farmacêutica responsável pelo processo hemoterápico do HULW e membro do Núcleo de Segurança do Paciente do hospital, um dos frutos do projeto de extensão foi a implantação das placas identificadoras para pacientes recém transfundidos, técnica utilizada desde o início de 2019 pela Agência Transfusional.  “A iniciativa pactuada com a professora Daniele e as suas alunas do curso de Farmácia é considerada de grande importância para segurança transfusional, minimiza subnotificação dos eventos adversos e contribui para o processo de melhoria da qualidade dos procedimentos hemoterápicos executados na unidade. Trata-se de uma estratégia de reforço à hemovigilância do HULW”, enfatizou.

Programação do Curso

Mais

A programação poderá sofrer alterações por razões técnicas e/ou científicas. Visando a contemplar o maior número possível de profissionais do HULW, o curso será oferecido em dois dias, cujos conteúdos serão os mesmos, devendo o inscrito escolher um dia. A participação plena garantirá a emissão de certificado com carga horária de 10 horas.

Sobre a Ebserh

O Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde dezembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Jacqueline Santos - Jornalista HULW-UFPB/Ebserh