Notícias Notícias

Voltar

Boas práticas do Huol recebem reconhecimento da Ebserh

REFERÊNCIA

Boas práticas do Huol recebem reconhecimento da Ebserh

Sistema auto avaliador para qualidade hospitalar e ferramenta de modernização da gestão de estoque foram os destaques

Neste mês, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), gestora de 40 Hospitais Universitários Federais, reconheceu cinco boas práticas das unidades que integram sua rede, destacando iniciativas nos eixos “Infraestrutura Física e Tecnológica”, “Licitações e Contratos”, “Patrimônio e Logística”, “Gestão de Pessoas” e “Gestão Orçamentária e Financeira”. Entre 43 inscritos, o Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), teve dois trabalhos destacados.

Os laureados foram divulgados no Encontro de Gerentes Administrativos da Ebserh, evento realizado entre 3 e 5 de dezembro com foco em gerar resultados na qualidade da gestão. Na ocasião, o HUOL foi reconhecido nas categorias “Infraestrutura Física e Tecnológica” e “Patrimônio e Logística”, pelos projetos “AcreditaH – sistema autoavaliador para melhoria da qualidade hospitalar” e “Modernização da gestão de estoque com a implementação de ferramentas de Lean Helthcare”.

“O sentimento é de orgulho pelo reconhecimento recebido”, resumiu a gerente administrativa do HUOL, Zilmar Fernandes.

Além da distinção, a gestora destacou que o encontro ofereceu a oportunidade de conhecer outras iniciativas que poderão ser multiplicadas em prol da constante melhoria.

 

Patrimônio e logística

O projeto “Modernização da gestão de estoque com a implementação de ferramentas de Lean Helthcare” surgiu da dificuldade no abastecimento de alguns produtos e insumos hospitalares. Para tanto, uma parceria com o departamento de Engenharia de Produção da UFRN foi firmada, “colaboração que trouxe um olhar externo para a rotina hospitalar, resultando na ferramenta Lean Healthcare”, explicou Zilmar.

De acordo com o professor de Engenharia de Produção, Ricardo Pires, "o sucesso surgiu da sinergia entre as equipes da UFRN e do Huol, pois “vivenciar o problema enfrentado pelo hospital, junto com a equipe, planejar as ferramentas mais adequadas a serem implantadas, treinar equipes e contar com comprometimento, só foram possíveis através trabalho colaborativo”, destacou o docente.

 

Infraestrutura física e tecnológica

O “AcreditaH – sistema autoavaliador para melhoria da qualidade hospitalar” é fruto do Mestrado Profissional em Gestão e Inovação em Saúde do colaborador Kairon Paiva, que desenvolveu a ferramenta com o objetivo de viabilizar que os hospitais da Ebserh se preparem adequadamente para enfrentar processos de certificações de qualidade em acreditação. O sistema otimiza o controle, avaliação e mensuração do desempenho em qualidade. Para a gerente administrativa do HUOL, é uma iniciativa “prática, de fácil navegabilidade e usabilidade”.

A citada especialização é uma parceria UFRN-Ebserh, que envolve o Centro de Ciências da Saúde e o Centro de Tecnologia, utiliza a estrutura do HUOL e do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS). O autor do projeto, Kairon Paiva, explica que o sistema “foi projetado para auxiliar na preparação institucional para as avaliações do processo de certificação da qualidade dos serviços de saúde”. Ele acredita que a ferramenta pode ser aplicada e colaborar com todos os hospitais da rede Ebserh.

 

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais, impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas por atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, por apoiar a formação de novos profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a sua natureza educacional, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Imagens: