Notícias Notícias

Voltar

Huol realiza ação com pacientes no pós-operatório da cirurgia cardíaca

Residência Multiprofissional

Huol realiza ação com pacientes no pós-operatório da cirurgia cardíaca

Encontro promove interação com residentes em saúde da especialidade

O programa de residência multiprofissional em Cardiologia do Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), reuniu pacientes submetidos à cirurgia cardíaca que estão sob cuidados pós-operatório, para integrar profissionais e usuários, além de orientar e incentivar o autocuidado. O encontro aconteceu na quarta-feira 15.

A ação ocorre desde 2017, visando proporcionar troca de experiências entre os envolvidos e agregar benefícios aos pacientes. Na ocasião, os participantes foram acolhidos com música, dinâmicas, alongamentos e informação em saúde. A programação também reservou espaço para questionamentos e oficina destinada à produção do mapa do cuidado.

De acordo com a enfermeira Neyse Patrícia do Nascimento, coordenadora da residência multiprofissional em Cardiologia, “o programa vem contribuindo e crescendo com o serviço oferecido no Huol, realizando um trabalho m​ultiprofissional eficiente, marcado pela primazia que alia assistência e formação de enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, farmacêuticos e nutricionistas”, destacou.

“Nossos profissionais estudantes dão seguimento a terapêutica dos pacientes da cirurgia, inclusive no ambulatório, acompanhando e promovendo a reabilitação social, clínica e laboral do indivíduo, com o compromisso de que ela seja efetiva e integral”, concluiu a coordenadora.

As doenças cardiovasculares atingem importante parcela da população do Rio Grande do Norte e o Huol é a principal referência do Sistema Único de Saúde (SUS) no âmbito estadual, tornando a especialidade imprescindível à saúde pública. Neste contexto, a equipe da residência multiprofissional trabalha continuamente pelo atendimento humanizado.

 

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais, impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas por atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, por apoiar a formação de novos profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a sua natureza educacional, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.