Notícias Notícias

Voltar

Pesquisador do Lais/Huol será assessor técnico da Organização Mundial da Saúde

ASSESSORIA

Pesquisador do Lais/Huol será assessor técnico da Organização Mundial da Saúde

Professor Carlos Alberto é o único brasileiro a integrar o grupo de trabalho

O professor Carlos Alberto Oliveira, pesquisador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) do Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), será assessor técnico temporário da Organização Mundial de Saúde (OMS), durante os próximos seis meses, quando participará de reuniões virtuais e presenciais na sede da OMS para discutir e propor estratégias de aprendizagem com mediação tecnológica.

O projeto contará com convidados de instituições parceiras de Camarões, EUA, Reino Unido, Suiça, Singapura, Filipinas, Canadá, Panamá, França, Alemanha, Congo, Vietnam, Brasil, Argentina, Suécia, África do Sul, Tanzania e China, além de especialistas da própria OMS.

Professor Carlos Alberto, único brasileiro a integrar o grupo de assessores convidados, além de pesquisador do Lais, é professor da UERJ e  membro do comitê executivo do International Council for Open and Distance Education (ICDE) e da Associação Brasileira de Educação a Distancia (ABED).

 

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais, impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas por atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, por apoiar a formação de novos profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a sua natureza educacional, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.