Notícias Notícias

Voltar

HUOL inicia primeira Residência Multiprofissional em Atenção Psicossocial do RN

FORMAÇÃO

HUOL inicia primeira Residência Multiprofissional em Atenção Psicossocial do RN

Especialização inclui profissionais de Psicologia, Serviço Social e Enfermagem

Nesta quinta-feira, 7, o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), acolhe os novos integrantes aprovados nos seus programas de Residência Multiprofissional, incluindo a primeira turma em Atenção Psicossocial – inédita no Rio Grande do Norte.

O estado já dispõe de Residência Médica em Psiquiatria, mas carecia de especialização em Saúde Mental com foco na equipe multiprofissional. Inicialmente, o projeto aprovado pelo Ministério da Educação disponibilizou vagas para profissionais de Psicologia, Serviço Social e Enfermagem.

De acordo com a coordenadora da Comissão de Residência Multiprofissional (COREMU/UFRN), Deborah de Sá Mororó, a iniciativa “trará elevado impacto social, pois propiciará formação de excelência numa área prioritária para o Sistema Único de Saúde (SUS), sobretudo diante da crescente ocorrência do sofrimento psíquico e vulnerabilidade psicossocial relacionados ao suicídio e ao uso do crack e de outras drogas".

 

Expansão pós-Ebserh

Os Programas de Residência Multiprofissional da UFRN são pioneiros no Rio Grande do Norte e foram idealizados em 2008.

Com base nos modelos de atenção propostos pelo SUS, as residências ganharam novo fôlego com a ampliação do número de preceptores e com investimentos e contratações realizados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que administra os hospitais vinculados à UFRN.

A expansão da oferta de residências em saúde é uma das prioridades da parceria UFRN-Ebserh.

 

Sobre a Ebserh

Desde agosto de 2013, o HUOL-UFRN é vinculado à Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.