Fale com a Ouvidoria Fale com a Ouvidoria

Sobre - Ouvidoria

CANAIS DE ACESSO À OUVIDORIA DO HUPAA

e-ouv– Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal: canal online para os casos de denúncia, reclamação, solicitação, sugestão, elogio e simplifique

e-sic – Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão: canal online para pedidos de acesso à informação de acordo com a Lei de Acesso à Informação (LAI).

e-mail ouvidoria.hupaa@ebserh.gov.br

Telefone

(82) 3202-3877

Endereço para correspondência e atendimento presencial.
Av. Lourival Melo Mota, s/n, Bairro: Tabuleiro dos Martins 
Maceió - AL  CEP: 57072-900

Site
http://www.hupaa.ebserh.gov.br/

Horário de Funcionamento
Segunda-feira à sexta-feira, das 7h às 12h e 13h às 16h

Ouvidora
Giselle de Souza Vicente

Você sabe o que faz uma Ouvidoria?

Pública é a unidade responsável pela promoção da interlocução entre o cidadão e a gestão da instituição. Ela é responsável por receber, analisar, encaminhar e responder ao cidadão as suas demandas; fortalecer a cidadania e a participação popular e garantir à sociedade o direito de aceso à informação.

A ouvidoria deve funcionar como agente promotor de mudanças, favorecendo uma gestão flexível, participativa, voltada para a satisfação das necessidades do cidadão e garantindo uma prestação de serviços públicos de qualidade, respeitando direitos e deveres.

Desta forma, a ouvidoria é importante colaboradora para a gestão dos serviços públicos, na medida em que informa ao dirigente a existência de dificuldades cotidianas, as sugestões de quem utiliza os serviços, informa ainda o que os cidadãos estão solicitando com frequência, bem como o que tem agradado a população a partir dos elogios. Com essa atuação, a ouvidoria pode motivar mudanças estruturais significativas para a melhoria da qualidade do atendimento.

Ouvidoria e SIC atuam da mesma forma?
Não. O Serviço de Informação ao Cidadão criado a partir da Lei 12.527/2011 (LAI), existe para que o usuário tenha acesso amplo à informação. A regra agora é o acesso, o sigilo é exceção. Já na ouvidoria, o cidadão encontrará respostas sobre questões que estão impactando na qualidade do atendimento que está recebendo.

Pesquisa de Satisfação

A pesquisa de Satisfação é uma importante ferramenta por meio da qual o cidadão avalia o serviço público de saúde prestado no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, analisando a estrutura e atendimento das equipes, disponibilizando à gestão importantes medidas de qualidade na atenção à saúde. A Ouvidoria do HUPAA é responsável pela execução de dois tipos de pesquisa de satisfação: a nacional e a local. A PSU nacional acontece semestralmente em todos os Hospitais Universitários filiados a rede EBSERH, de forma simultânea, sob a coordenação da Ouvidoria Geral da EBSERH, enquanto a PSU local acontece mensalmente, em grupos de setores previamente definidos, coordenada pela Ouvidoria do HUPAA.

Ouvidoria HUPAA

A Ouvidoria do HUPAA, assim como as ouvidorias dos demais Hospitais Universitários, incluindo a Ouvidoria Geral da EBSERH, compõe o Sistema de Ouvidorias do Executivo Federal. Nos hospitais universitários sob contrato de gestão com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), o titular da ouvidoria é nomeado pelo Superintendente e tem a atribuição de cuidar dos procedimentos internos da Ouvidoria, acolher as manifestações que lhe forem dirigidas por meio dos canais de acesso e proporcionar o atendimento aos interessados.

A ouvidoria dos HUs é um órgão de comunicação com Gestores, Corpo Docente e Discente, Pesquisadores, Professores e Alunos, Prestadores de Serviços, Fornecedores, servidores, empregados e, claro, os cidadãos.

Regimentalmente, entre suas atribuições, cabe destacar as seguintes:

1. Receber as manifestações apresentadas pelos interessados, pacientes ou funcionários, tratando com absoluta confidencialidade as informações, dando-lhes o devido encaminhamento, mesmo aquelas sem identificação, caso as razões do anonimato sejam consideradas justificáveis;

2. Rejeitar e determinar o arquivamento de manifestações improcedentes;

3. Atender o manifestante com cortesia e respeito, sem discriminação ou pré-julgamento, dando-lhe resposta à questão apresentada, no menor prazo possível e com objetividade;

4. Agir com integridade, transparência, imparcialidade e justiça resguardando o sigilo das informações;

5. Encaminhar à área de gestão de pessoas da unidade, os empregados e servidores que desejam tratar de assuntos de natureza trabalhista, seja de interesse individual ou coletivo.

Conte conosco!